Às vésperas de revisar Plano Diretor, Embu discute clima e expansão urbana

Por | 11/02/2011


Foto:


Embu está revisando o Plano Diretor, um importante instrumento que ordena o desenvolvimento urbano e rural da cidade, regulamentando o uso e a ocupação do solo – os primeiros debates em vista da reformulação do conjunto de diretrizes urbanas estão previstos para o mês que vem. O ciclo de palestras "Embu 2020: a cidade que nós queremos" faz parte de uma série de iniciativas que mostra a mobilização da comunidade em busca de uma cidade melhor.

A participação pioneira e ativa da comunidade de Embu é importante para auxiliar a manter as conquistas e a encarar os desafios do futuro. Embu tem cerca de 60% de seu território em área de proteção aos mananciais e uma recente conquista da cidade foi a Área de Proteção Ambiental (APA) Embu Verde, que abrange 15,7 km2  e possui importantes fragmentos de Mata Atlântica.

Durante o evento, serão discutidas oportunidades para Embu e as demais cidades do Conisud (Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo) se integrarem às iniciativas do governo federal como o Programa Nacional de Prevenção a Desastres Naturais, através dos planos diretores municipais.

Paulo Nobre comenta que, “ao mesmo tempo em que ameaçam, as mudanças climáticas também representam uma oportunidade para as várias cidades do mundo repensarem os legados das gerações passadas; as pessoas e as cidades precisam ser encaradas como os reais agentes capazes de solucionar temas como enchentes, transportes, comunicação, saúde, educação e trabalho”.

O cientista mostrará os desafios da região metropolitana de São Paulo e fará um recorte detalhado sobre o Embu e as cidades vizinhas, avaliando as regiões de risco de desastres naturais por inundações e deslizamentos de encostas.

Também apresentará medidas de adaptação e um conjunto de ações em busca de soluções para fazer frente aos potenciais e aos atuais impactos causados pelas mudanças climáticas, visando a segurança das populações da região.

Gratuito, o ciclo de palestras "Embu 2020: a cidade que nós queremos" está programado para os sábados de fevereiro (leia programação abaixo), na Câmara Municipal (rua Marcelino Pinto Teixeira, 50, Parque Industrial, Embu, ao lado da delegacia e BR 116).

Os eventos são uma iniciativa do Legislativo embuense com o apoio do Rotary Club de Embu, da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Embu (Acise) e da Sociedade Ecológica Amigos de Embu (Seae).


PROGRAMAÇÃO

12/02/11, das 14h às 17h30, Câmara Municipal de Embu
"As Cidades e o Clima" (exposição de recente trabalho desenvolvido pelo INPE e Fapesp sobre as questões das mudanças climáticas globais e as megacidades, com análise de seus reflexos para o município de Embu)
Palestrante:
Paulo Nobre, pesquisador do Centro de Ciências do Sistema Terrestre/INPE


19/02/11, das 9h às 12h30, Câmara Municipal de Embu

"Moradia & Meio Ambiente" (apresentação de pesquisas e orientações em urbanismo sobre a questão da moradia popular e seus contornos no meio ambiente).
Palestrante:
Maria Lúcia Refinetti Martins, professora e doutora, coordenadora do Laboratório de Habitação e Assentamentos Urbanos - LabHab/FAU-USP


26/02/11, das 14h às 17h30, Câmara Municipal de Embu

"Inclusão Digital, Indústrias Criativas & o Futuro das Cidades" (diálogo sobre as novas possibilidades de desenvolvimento local a partir da expansão das redes digitais no Brasil; geração de riqueza com inclusão social e econômica por meio das atividades das artes, artesanato, entretenimento, software, etc).
Palestrante:
Ladislau Dowbor, professor titular do Departamento de Pós-Graduação da PUC São Paulo, nas áreas de economia e administração, e coordenador do Projeto “Política Nacional de Apoio ao Desenvolvimento Local”


(Indaia Emília - da Sociedade Ecológica Amigos de Embu, com informações da Assessoria de Comunicação da Câmara de Embu)

 

Comentários

Nenhum comentário até o momento