Câmara oficializa 'Casa dos Conselhos' e dá nome de Josefa Severina da Silva

Por Assessoria de Comunicação | 3/03/2011


Foto:


Com a justificativa de que a participação é um referencial de sociedade democrática e de organização da sociedade civil e do poder público, o vereador ressalta no projeto que a casa “será um espaço de articulação e estrutura dos conselhos da cidade”.

Na sessão, João Leite lembrou que a indicação de criação do local partiu da vereadora Maria Cleuza Gomes (PT), no ano passado. Para reunir os conselhos em um só lugar, Ná sugeriu à época uma sala que já era usada pela prefeitura, na rua Solano Trindade.

João Leite disse que a casa está em reforma para ser adaptado ao uso dos conselheiros. Ná afirmou que o local será entregue neste ano e manifestou apoio ao projeto do colega, ao declarar que os conselhos “precisam de espaço específico”.

Josefa Severina da Silva
O vereador destacou o fato de a casa receber o nome de Josefa, pessoa muito querida no Jardim dos Moraes, especialmente na escola municipal Elza Marreiro Medina, na qual atuou como mãe de aluno e integrante do conselho escolar, que dinamizou.

Dilvulgação-PMETE / Adilson Oliveira-CMETE
Dona Zefa é exemplo para a gestão democrática em Embu, diz Leite

Devotada a lutar por uma educação de qualidade, Josefa foi além e integrou, por meio de eleição direta, o Conselho Municipal de Educação, do Fundeb (fundo para educação básica e valorização dos professores), e o Conselho de Alimentação Escolar.

Josefa marcou Embu também na sala de aula e se formou em 2009 no ensino de jovens e adultos. “Ela se envolveu de corpo e alma nas questões da educação, não só pelos filhos dela”, disse Lídia Balsi, assessora da Secretaria de Educação, na Câmara.


Filha de Josefa, Marcela aplaude ao ser aprovado projeto na Câmara


João Leite justificou que Josefa foi uma “cidadã atuante” que participou em diversos conselhos municipais, “um exemplo para a gestão democrática em nosso município”. Ná enalteceu a homenagem ao dizer “que vai ser uma honra ter o nome da dona Josefa para a casa”.

Dona Zefa, como carinhosamente chamada, morreu no dia 30 de janeiro aos 50 anos, em decorrência de câncer. Deixou sete filhos, entre os quais Marcela Marques da Silva, que agradeceu a Câmara pelo gesto. “É um privilégio para a nossa família, reconhecimento da cidade ao que ela fez”, disse a jovem de 24 anos, presente à sessão.

(Adilson Oliveira – Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Embu)

 

Comentários

Nenhum comentário até o momento