Vereador quer que monitores de creches tenham curso de primeiros socorros

Por | 5/04/2011


Foto:


Pastor Edgardo lembrou que as crianças, principalmente as com necessidades especiais, dependem somente do auxílio dos monitores e servidores presentes nas creches em uma situação de emergência. Considerou também que hoje o ensino de primeiros socorros é uma necessidade, e que deixar de prestar ou providenciar ajuda a uma vítima, podendo fazê-lo, é considerado crime de omissão de socorro, conforme o Código Penal Brasileiro.

Fotos: Adilson Oliveira-CMETE/PMETE
Pastor Edgardo defende curso de primeiros socorros a funcionários de creches de Embu; crianças atendidas em unidade no Jardim Magali

Edgardo justificou ainda que um curso de primeiros socorros seria muito útil em caso de acidente ou problema de saúde emergencial com as crianças, uma vez que alguns minutos de atendimento inicial podem salvar uma vida até que o socorro médico seja providenciado. Ele crê que a capacitação dos funcionários em saúde vai melhorar ainda mais o atendimento aos pequenos sob responsabilidade do poder público nas creches.

Para o vereador, o curso de primeiros socorros para os funcionários das creches garantiria “a tranquilidade dos pais que dependem da creche para deixar seus filhos para poder trabalhar, e assim criar um novo laço de comprometimento e cidadania por parte do município com a população”. A indicação foi aprovada por unanimidade e encaminhada ao chefe do Executivo para providências.

(Márcio Amêndola - Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Embu)

 

Comentários

Nenhum comentário até o momento