Didi e Milton do Rancho indicam recuo diante de UBS com difícil acesso para veículos

Por | 7/04/2011


Foto:


No pedido, Didi e Milton do Rancho reivindicam a construção de um recuo na avenida, para o embarque e desembarque de pelo menos dois veículos, para que os usuários da UBS do bairro -- localizada a poucos metros da divisa com a capital -- possam ter acesso ao local com maior facilidade, particularmente as pessoas com deficiência e dificuldade de locomoção.

Os vereadores proponentes da indicação argumentaram que o fluxo de veículos é intenso no local e não permite o embarque e desembarque dos usuários da unidade de saúde. Na situação atual, mesmo que permaneçam por pouco tempo estacionados no local, os usuários acabam causando congestionamentos, colocando em risco a si mesmos e a terceiros.

Márcio Amêndola-CMETE
Veículo para na estrada para cadeirante descer em unidade de saúde

Didi informou que ele e o colega Milton foram procurados por moradores, alertando para o problema. “Para descer alguém com cadeira de rodas ali é um problema, e às vezes demoram mais de 15 minutos, com risco para as pessoas e causando transtornos no trânsito”, relatou. Em poucos minutos no local, a Assessoria de Comunicação da Câmara flagrou a situação descrita, de dificuldade de um cadeirante em desembarcar diante da UBS.

O vereador João Leite (PT) parabenizou os colegas pela solicitação, “por reforçarem o pedido de uma obra que já está no projeto” da prefeitura, ao afirmar que haverá um recuo para ônibus no local, além de uma entrada para ambulâncias. A vereadora Maria Cleuza Gomes também concordou que é importante reforçar a reivindicação, mesmo já estando prevista no projeto da prefeitura.

Moradora do bairro, próximo à unidade de saúde, Ná (PT) informou que há poucos dias fez uma vistoria no local, acompanhada do secretário municipal de Obras, Milton Oliveira, e dos vereadores Dra. Bete (PDT), João Leite (PT), Zé Carlos Proença (PSDB) e Luiz Calderoni (PMDB) e notaram os problemas no local.

O presidente da Câmara, Silvino Bomfim (PT), parabenizou todos os colegas que constataram os problemas no acesso à UBS do Jardim Independência, mesmo que as alterações estejam já previstas. “Fiscalizar uma obra e ver se está sendo executada é uma de nossas atribuições, porque nem sempre um engenheiro tem a sensibilidade de saber das necessidades da população”, concluiu.

Com comércio defronte, Isaías Martins diz testemunhar com frequência pessoas em risco diante de motoristas imprudentes e reclama fiscalização da prefeitura ou implantação de redutor de velocidade no trecho da estrada já com péssimas condições de tráfego, com buracos e desníveis perigosos. "Em vez de desfilarem por aqui em seus carros, os agentes de trânsito deviam coibir os abusos, é muita falta de respeito", protesta.

(Adilson Oliveira e Márcio Amêndola - Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Embu)

 

Comentários

Nenhum comentário até o momento