Ex-secretária de Educação será nome de escola municipal na periferia de Embu

Por Assessoria de Comunicação | 30/05/2011


Foto:


A vereadora Ná justificou a apresentação do projeto de lei (30/2011) ao afirmar que a professora Jeane – como era chamada carinhosamente pelos amigos – transformou a realidade da escola em Embu ao integrar a educação infantil ao ensino de 1º ao 9º ano. "Na percepção dela, não podiam ser separados creche e ensino fundamental, até para garantir mais recursos. Para ajudar as crianças da nossa cidade, teve essa sabedoria", disse.

Também presente à sessão, a atual secretária de Educação de Embu, Rosimary de Matos, principal assessora e sucessora de Jeane na pasta, frisou ser uma homenagem merecida a "uma grande educadora do Brasil e que prestou serviço muito especial a nossa cidade". "Principalmente, por priorizar as ações para a educação infantil, desde a creche até a pré-escola. Ela tinha um cuidado com todos os detalhes nessa questão", afirmou.

Fotos: Márcio Amêndola e Adilson Oliveira-CMETE/Reprodução
Ná justifica projeto; Rosimary (centro) e Alda Rebelo (dir.), adjunta

Após comandar a Educação em Mauá, de 1997 a 2000, Jeane foi secretária em Embu entre 2001 – início do governo Geraldo Cruz – e 2003, quando, a convite, foi trabalhar no Ministério da Educação do governo Lula, onde primou por pré-escola de qualidade, como diretora do Departamento de Educação Infantil do MEC. "Por ter atuado em Mauá e Embu, sabia da realidade, não eram devaneios, mas projetos possíveis", afirmou a secretária Rosimary.

Natural do antigo distrito de Tarumã, em Assis (SP), Jeane morreu em 23 de setembro de 2009, pouco antes de completar 62 anos, vítima de complicações de saúde decorrentes de um câncer, contra o qual lutou até o fim. "Deixou o exemplo de um ser humano admirável, que sempre acreditou na transformação do mundo através da educação", disse a vereadora Ná, feliz por poder prestar reconhecimento a uma educadora por vocação.

(Adilson Oliveira e Márcio Amêndola – Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Embu)

De professora em sala de aula a técnica no MEC, Jeane lutou com garra por educação de qualidade

Comentários

Nenhum comentário até o momento