Vereadores entregam título de "Cidadão Embuense" a ex-secretário Morozetti

Por Assessoria de Comunicação | 5/09/2013


Foto:


"Tudo que fizemos nesta cidade nos últimos 12 anos tem a tua participação e eu ouso dizer que você era a pessoa mais experiente da nossa equipe no primeiro ano do governo do Geraldo Cruz", disse emocionado o prefeito Chico Brito (PT), colega de secretariado do homenageado. Ele disse que, enquanto ouvia o Hino Nacional, viu um filme passar em seu pensamento, lembrando da participação decisiva de Morozetti "na mudança de rumos da cidade".

VIDA COM DIGNIDADE
Junto com o ex-prefeito Geraldo e seu vice, Roberto Terassi (PSB), ele foi fundamental para retomar a credibilidade do município, junto aos credores e à população. "Todos nós aprendemos muito com você, e neste momento você nos dá mais uma lição de como é viver a vida com dignidade. Em nome do povo de Embu, é uma felicidade gigantesca entregar esse título a você", frisou Chico, o primeiro a discursar. Morozetti luta há vários anos contra um câncer.

                                                                Fotos: Adilson Oliveira/CMETEA
Morozetti na sessão em que recebeu título de "Cidadão Embuense"

Familiares, amigos, ex-colegas de prefeitura e associação empresarial

O vice-prefeito Nataniel Carvalho (PDT) salientou a rigidez do ex-secretário com as finanças. "Ele andava sempre com uma calculadora no bolso", disse Natinha. Terassi, hoje presidente do PSB, enfatizou as qualidades humanas de Morozetti. "É muito fácil falar do Morozetti, ele tem dentro de si a essência de ser útil ao próximo", elogiou ele, amigo pessoal do homenageado e como ele ex-presidente da Acise (Associação Comercial, Industrial e Serviços de Embu).

Geraldo lamentou nunca ter elogiado o ex-secretário. "É um defeito meu", admitiu. Ele agradeceu a Deus pela equipe de governo que à época conseguiu formar. "Qualquer coisa que eu falar de você vai ser pouco", declarou o ex-prefeito, que destacou o principal feito de Morozetti como secretário municipal, a compra e reforma do local do prédio onde hoje está instalada a prefeitura, "por um valor irrisório, e que hoje vale mais de R$ 50 milhões".

Os vereadores também expressaram reconhecimento a Morozetti. "Ninguém recebe título por acaso, é o reconhecimento pelo que fez por nossa cidade", disse João Leite (PT). "Ele era linha dura, trabalha até mais tarde e foi fun-damental para nos livrarmos dos maus políticos da cidade", ressaltou Clidão do Táxi (PC do B). "Eu que me sinto homenageado por vivenciar essa história, um exemplo a ser seguido pelo que fez pela nossa cidade", frisou Jomar (PSB).

                                                                Fotos: Adilson Oliveira/CMETEA
Morozetti fala da trajetória de vida e agradece colaboradores e família
                                                               
Morozetti recebe placa de título ao lado de Chico, Geraldo e Natinha

O decreto legislativo 07/2013 de concessão do título de cidadania foi aprovado na sessão no dia 19 de junho, por todos aos vereadores. Proponente da maior honraria da "Terra das Artes", o presidente da Câmara Municipal, Doda Pinheiro (PT), destacou ser "gratificante ver a família que apoia o político", referindo-se à mulher de Morozetti, Maria Angélica, e seus três filhos, Antônio Carlos, Luiz Fernando e Raphael Teixeira e sua esposa.

PAIXÃO PELA PESCA
Um vídeo com depoimentos de familiares, amigos e ex-colegas de trabalho na prefeitura foi exibido e emocionou os presentes. "Estou com você há 31 anos e, mais do que ninguém, sei que você merece essa homenagem", sublinhou a esposa Angélica, que ressaltou a honestidade, a motivação e a energia de viver do marido. O vídeo revelou ainda a paixão do ex-secretário pela pesca, quando aproveitava para passar mais tempo com familiares e amigos.

Morozetti admitiu ser difícil falar após tantos depoimentos generosos. Recor-dou a época à frente da luta dos bancários, como delegado do Banco do Brasil, ao lado de Ricardo Berzoini (PT). "Nunca fui político, trabalhei para colo-car ordem nas coisas", revelou. Lembrou os funcionários que o ajudaram nos projetos da Praça de Atendimento e compra do prédio da prefeitura - Fernan-do Amâncio (hoje secretário de Finanças), José Roberto Jorge (hoje secretário de Administração), Milton Oliveira (ex-secretário de Obras), entre outros.

Morozetti agradeceu a Geraldo e Terassi "porque se não acreditassem em mim, não conseguiríamos fazer as mudanças, principalmente tirar a prefeitura do fosso em que estava". O homenageado relembrou a eleição de Geraldo para prefeito, de cuja coordenação de campanha fez parte. Ele ressaltou que o grupo não tinha nenhuma estrutura nem recursos financeiros, mas, com muito trabalho, foi possível chegar à vitória para governar a cidade.

                                                                Fotos: Adilson Oliveira/CMETEA
Ex-secretário Morozetti com a placa de cidadão de Embu das Artes

Morozetti e vereadores, que aprovaram honraria por unanimidade

Morozetti disse que se ausentou da vida política por opção, para ficar mais tempo com a família. "Antes, eu chegava em casa quando meus filhos já estavam dormindo e, por incrível que pareça, passo mais tempo com eles agora, quando vamos pescar, do que quando eram crianças”, contou, sob aplausos. Participaram também da sessão o atual presidente da Acise, Hilmann Albrecht, secretários municipais, servidores públicos, amigos e familiares.

CARREIRA
Antes de ingressar na administração pública, Morozetti se aposentou como gerente do Banco do Brasil, onde trabalhou de 1971 a 1997. Em 2007 e 2008, presidiu a Acise, à qual, desde quando conselheiro da presidência, prestou serviços por mais de 16 anos ininterruptos. Em 1994, iniciou parceria de sucesso com o empresário e ex-vice-prefeito Terassi, em cujo mandato na presidência foi conselheiro da associação, que hoje reúne 500 empresas.

Em 1994 e 95, presidiu o Rotary Club, no qual desenvolveu vários projetos, entre eles, o da "Boa Visão", que atendia crianças carentes com deficiência visual em todo o município. Em 98, ingressou na política, quando a cidade vivia um caos administrativo. Considerado um dos idealizadores do projeto Geraldo Cruz/Terassi, foi um dos coordenadores das campanhas vitoriosas que elegeram e reelegeram Geraldo prefeito de Embu. Era militante do PSB.

(Rita de Biaggio e Adilson Oliveira - Assessoria de Comunicação da Câmara de Embu das Artes)

Comentários

Nenhum comentário até o momento