Projeto de lei da Dra. Bete, UPA do Jardim Dom José terá nome de Zilda Arns

Por Assessoria de Comunicação | 30/06/2011


Foto:


Em justificativa, Dra. Bete lembrou da "incansável trajetória de luta e disposição de dra. Zilda em proporcionar melhores condições de vida às pessoas mais pobres”. Recordou ainda que o projeto da multimistura foi adotado pela prefeitura do município, possibilitando a criação de novas ações que contribuíram com a saúde das pessoas, e que Zilda visitou Embu em 2003, quando recebeu, na Câmara, o título de "Cidadã Embuense".

O vereador Júlio Campanha (PTB) parabenizou a colega pela iniciativa do projeto (34/2011), lembrando que Zilda criou a multimistura (composto de farelos de arroz e trigo, folha de mandioca e sementes de abóbora e gergelim) como forma de combate à desnutrição infantil. A médica pediatra e sanitarista morreu no terremoto no Haiti, em janeiro de 2010, aos 75 anos.

A vereadora Maria Cleuza Gomes, a Ná (PT), também apoiou a proposta e afirmou que dra. Zilda é muito merecedora. "Tive o prazer de conhecer pessoalmente a dra. Zilda Arns quando fui presidente do Fundo Social de Solidariedade de Embu, e ter seu nome em um prédio público de Embu será uma honra para nós”, afirmou.

Adilson Oliveira/CMETE-8.jun.11 - Marcelo Sousa/CMETE-2003
Bete justifica escolha do nome de Zilda, que visita Câmara em 2003

O vereador Gilvan da Saúde (PPS) também apoiou a proposta e disse que “foi uma grande escolha" o nome da idealizadora do organismo de ação social da Igreja Católica. "Infelizmente, a dra. Zilda faleceu no terremoto do Haiti, quando estava lá levando justamente sua experiência do trabalho com as crianças”, lamentou.

O presidente da Câmara, Silvino Bomfim (PT), disse que "qualquer nome poderia ter sido escolhido para aquela unidade de saúde, mas a vereadora acertou com a escolha de um nome que é reconhecido mundialmente". "Antes mesmo da multimistura, dra. Zilda e seu irmão, o cardeal dom Paulo Arns, difundiram a adoção do soro caseiro, que também salvou muitas vidas de nossas crianças”, ressaltou.

O vereador Silvino manifestou também a preocupação com relação ao custeio da futura UPA do Jardim Dom José, que será uma das maiores da cidade. Segundo ele, há uma proposta de parceria, em que o município bancaria 25% do custeio, o Estado, outros 25%, e a União, 50%. "Porém, o [governo do] Estado não quer dar nenhum centavo", criticou.

Após a aprovação, o projeto da vereadora Dra. Bete foi encaminhado ao prefeito Chico Brito para providências. O nome da Dra. Zilda Arns será afixado no novo prédio da UPA do Jardim Dom José quando a unidade for inaugurada - "a probabilidade é o primeiro semestre do ano que vem", diz a prefeitura, contatada pela Assessoria de Comunicação da Câmara.

(Márcio Amêndola e Adilson Oliveira – Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Embu das Artes)

Comentários

Nenhum comentário até o momento