Câmara aprova lei por mais segurança aos moradores em bancos; academias são indicadas

Por Assessoria de Comunicação | 10/04/2012


Foto:


De autoria do vereador João Leite (PT), preocupado com a segurança dos munícipes clientes de bancos, o PL 9/2012 estabelece que as divisórias devem ser de material opaco e ter altura mínima de 1,80 metro. “As instituições bancárias deverão adaptar suas agências no prazo máximo de 90 dias, contados da data da publicação da presente lei”, diz. O texto prevê multa diária a partir de regulamentação pelo Executivo, que tem prazo de 90 dias.

Em matéria sobre denominação de via pública, de autoria do prefeito Chico Brito (PT), extensão da rua Marajó foi regularizada, conforme o PL 79/2011, aprovado com uma emenda, que retificou o bairro identificado, Parque Esplanada, para Jardim das Oliveiras. Uma das justificativas é que a maior precisão da localização dos imóveis auxilia na identificação dos moradores e permite a prestação de atendimento dos correios e demais serviços públicos.

Fotos: Adilson Oliveira-CMETEA
Vereadores em plenário, João Leite discute lei, público na 10ª sessão

Entre as indicações apresentadas, o vereador Aparecido Pereira Dias (PT) solicitou do Executivo a instalação de quadra com playground em área entre a avenida Esco e a rua Sebastião Anacleto de Jesus Lins, no Jardim Magali, na periferia (12/2012). Didi disse que o espaço poderia ser mais aproveitado pela comunidade do bairro, que passa por melhorias como pavimentação, mas “o único lazer” dos moradores do bairro é o campo de futebol.

Didi também indicou estudo para recapeamento da rua Estocolmo, entre o Jardim Estela e a Vila Olinda, e obras de drenagem de águas de chuva (13/2012). Justifica que na via, muito inclinada, os paralelepípedos dificultam o acesso dos carros e pedestres. Observa que a manutenção da rua com o piso atual tem um custo muito alto para a administração e chama a atenção para captação pluvial quando algumas vias dos bairros estão sendo recapeadas.

Instalação de academia de ginástica na estrada São Judas, com iluminação e paisagismo, em frente ao nº 251, no Parque Esplanada, foi indicada  (15/2012) pelo vereador Carlos Pires (PDT). Ele disse ser “um ótimo local para implantação de uma academia pública, centralizado na via, com facilidade de acesso por todos da comunidade” e que existem poucos espaços para lazer e atividade física, somente o campo e o pátio da escola Isabel Lucci de Oliveira.

A vereadora Maria Cleuza Gomes (PT) indicou implantação de academia com serviços de ginástica rítmica, artística e salas para o desenvolvimento e treinamento de artes marciais, com auxílio de profissionais especializados, no ginásio poliesportivo no Jardim Independência, que será inaugurado neste sábado, dia 14, às 15h. O ginásio comporta oferecer tais modalidades, que têm “uma demanda enorme de pessoas à procura”, salientou Ná.

Uma moção aprovada foi de pesar (9/2012), de autoria do colegiado, pela trágica morte da moradora Silvone Carvalho, irmã do vice-prefeito Nataniel Carvalho, em 30 de março. A outra foi de aplauso (10/2012), apresentada pelo presidente Silvino Bomfim (PT), pela iniciativa do presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT), de realizar convênio para transmissão em TV aberta dos trabalhos da Câmara de São Paulo e da Assembleia Legislativa.

(Adilson Oliveira - Assessoria de Comunicação da Câmara de Embu das Artes)

Comentários

Nenhum comentário até o momento