Primeiro suplente da coligação PSB-PSOL, Jomar Silva dos Santos assume mandato de vereador de Embu das Artes

Por Assessoria de Comunicação | 10/09/2012


Foto:


O novo vereador embuense-das-artes tem base político-eleitoral no Jardim Santa Luzia (região central), onde reside e obteve a maioria dos 1.243 votos na última eleição. Funcionário público municipal de carreira, ele trabalha no Centro de Controle de Zoonoses, mas está licenciado por ser candidato a vereador, agora para novo mandato. Nascido em Montes Claros (MG), casado, quatro filhos e um neto, Jomar tem 45 anos e há 32 vive em Embu.

Para a posse, apresentou declaração de bens, de desincompatibilização de cargos e prestou compromisso conforme regimento interno. “Prometo exercer com dedicação e lealdade o mandato popular que a mim foi confiado, respeitando fielmente e com dignidade o decoro parlamentar, as Constituições Federal e Estadual, a Lei Orgânica do município e demais leis do país, promovendo o bem estar dos cidadãos e cidadãs de Embu”, leu.

Fotos: Adilson Oliveira-CMETEA

Jomar (PSB) observa presidente Silvino ler sua declaração de dados pessoais na sessão, assina posse, faz primeiro discurso, é celebrado por militantes do partido e familiares e amigos após assumir mandato

Em primeiro discurso, após assinar termo de posse, Jomar saudou a família, homenageou a falecida mãe e agradeceu aos advogados que o representaram na ação para reaver o mandato e ao presidente municipal do PSB, Roberto Terassi, presente. O então suplente é que teve a iniciativa de recorrer à Justiça, com aval da direção da sigla. “Me orgulho por fazer parte desse partido, agradeço à família PSB, que tanto tem me ajudado”, declarou.

Ele disse que ao assumir a vaga na Câmara está apenas cumprindo determinação da Justiça Eleitoral e “não há nada pessoal entre o cidadão Jomar e o vereador que deixou o mandato”. “É do conhecimento de todos que o mandato pertence ao partido”, justificou, ao lembrar que PSB e PSOL eram uma frente e a soma de votos da composição que possibilitou eleger um candidato do grupo. “Fica claro a importância de cada um naquela coligação.”

Jomar teve a acolhida dos demais vereadores presentes e recebeu votos de êxito na atuação parlamentar. O presidente da Câmara, Silvino Bomfim (PT), destacou que Jomar tem compromisso partidário, ao já ter recusado convite para mudar de sigla, quando disse “não saio da família PSB”. Ele motivou o novo colega a também contribuir com o avanço das políticas de desenvolvimento da cidade e desejou “sabedoria nas suas decisões”.

Jomar disse integrar a Casa para cumprir o término do mandato e defender “o que é bom” para a população. “Peço a Deus sabedoria para que possamos desenvolver e aprovar projetos para o desenvolvimento de nossa cidade e bem estar das pessoas”, declarou. Ao apreciar primeiro projeto, sobre denominação para via pública, ele se absteve em votar em regime de urgência. Após esclarecimento do presidente sobre o teor, votou a favor.

(Adilson Oliveira – Assessoria de Comunicação de Embu das Artes)

 

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário até o momento