Câmara vota transferir terras por moradia popular e convoca cooperativa de ônibus

Por Assessoria de Comunicação | 22/05/2013


Foto:


Os dois projetos (9 e 10/2013) referem-se a terreno situado na rua Pera e Viela 18, em área de recreio do Jardim São Luiz, que será destinado à construção de moradias para famílias com renda mensal de até 5 salários mínimos no âmbito do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal.

Eles também aprovaram, em votação simbólica, projeto de lei 18/2013, de Luiz Carlos Calderoni (PMDB). O vereador propõe que ela seja denominada praça Pedro Alves Moreira, morador do bairro mais conhecido como Pedro Barbudo ou Papai Noel para as crianças, por causa da barba branca. Pedro chegou a Embu em 1973 e foi o terceiro morador do Jardim Casa Branca. Participava da Paróquia Todos os Santos e com amigos criou a Sociedade Amigos de Bairro e Adjacências do Jardim Casa Branca. Ele faleceu em 2012.

                                                                            Adilson Oliveira/CMETEA
Vereadores na sessão que aprovou projetos e reunião de transporte

"Também com amigos, ajudou a conquistar várias benfeitorias para o bairro", conta o vereador, exemplificando as conquistas: linha de ônibus Jardim Casa Branca a Pinheiros, Emei Inês Cardoso, asfalto, canalização de esgoto, benfeitoria no Córrego Jardim Casa Branca, a quadra de esportes, a construção da Comunidade São Sebastião. Segundo ele, "com essas benfeitorias, o bairro cresceu, trouxe comércio e progresso".

O vereador Dr. Pedro Valdir (PSD) apresentou requerimento (7/2013) em que solicita do governo do Estado, através de Jurandir Fernandes, secretário de Estado do Transportes Metropolitanos, e Peter B.B. Walker, diretor presidente da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), informações sobre o andamento dos estudos técnicos que visam o prolongamento da inha 4-amarela do metrô, da estação Vila Sônia até o município de Taboão da Serra.

"Queremos que eles nos informem também sobre uma possível ligação com os municípios da região sudoeste da Grande São Paulo, incluindo Embu das Artes", explicou o vereador. A apreciação e votação das oito indicações inscritas foram transferidas para a sessão desta quarta-feira, dia 22 de maio.

O vereador Edvânio Mendes (PT) homenageou o Dia da Assistente Social (15/5), "uma classe que sempre lutou por uma sociedade mais justa e igualitária".

A vereadora Rosana Almeida (PMDB) agradeceu a recepção da empresa Vigor aos vereadores que estiveram na inauguração do galpão da empresa, no dia 14, no Condomínio DVR Bussiness Park Embu, juntamente com o vice-prefeito Natinha. "Só essa empresa gerará 300 empregos diretor para a cidade e quando estiver operando totalmente, o condomínio poderá gerar 1.500 empregos", salientou a vereadora, desejando sucesso aos empreendedores.

                                                                            Adilson Oliveira/CMETEA
Funcionários (laranja) da Coopercav, que será oficiada para audiência

Luiz do Depósito reclamou dos carros que estacionam encima das calçadas e pediu a atuação da Secretaria de Trânsito e Transporte para coibir o abuso. Ele contou que, por motivos particulares, não está acompanhando a entrega dos kits escolares, mas que soube que a "população está feliz com o material".

O presidente da Câmara, vereador Sandoval Pinheiro, o Doda (PT), disse que o governador Geraldo Alckmin não deveria retirar o 36º Batalhão da Polícia Militar do Jardim Santa Emília. “Oitenta por cento da população da nossa cidade está do lado de cá e transferir o batalhão para o centro não tem sentido até porque já existe uma companhia da PM no centro”, afirmou, preocupado com o aumento da criminalidade na região.

Os vereadores também decidiram que o presidente da Cooperativa de Trabalho dos Transportadores Profissionais Terra das Artes (Coopercav), Leonel Augusto Novais Filho, será convocado para audiência pública a ser realizada em junho.

(Rita de Biaggio - Assessoria de Comunicação da Câmara de Embu das Artes)

Comentários

Nenhum comentário até o momento