Vereadores realizam 15º sessão ordinária e aprovam a utilização de drones ações de segurança comunitária e em caso de desastres naturais

Por | 28/05/2021

 


Foto:Divulgação

Os vereadores de Embu das Artes realizaram, nesta quarta-feira (26), na Câmara municipal a 15ª sessão ordinária. Os debates ocorreram de forma virtual, seguindo todos os protocolos de segurança para frear o contágio do coronavírus.

Os parlamentares aprovaram o Projeto de Lei Nº. 39/2021, de autoria do Vereador Ricardo Almeida, que autoriza a Guarda Civil Municipal de Embu das Artes a utilizar aeronave não tripulada “drones” em ações de segurança comunitária e os agentes da defesa civil nas atuações em caso de desastres naturais e no monitoramento de áreas de risco, respeitando as normas da Agência Nacional de Aviação (ANAC), do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL).

Os vereadores aprovaram também a indica de estudos para alteração do itinerário da linha 06 (Jardim Mimás/ Pinheirinho). Passando a subir a Niterói, pela rua Catanduva, descer a Novo Hamburgo, subir a Rua Boracéia até a ESTRADA DA SERVIDÃO (Ruas do Jd. Vista Alegre) onde fará o contorno para o ponto final até o Jardim Mimas.

Durante a sessão foi aprovada a indicação para que seja efetuado estudo de bloquete com guias e sarjetas, capitação de água fluvial, assim como implantação de sistemas de esgotos com coleta na Rua dos Arquitetos na Chácaras Auroras. Implantação do Centro de Referência e de Convivência do Idoso de Embu das Artes no Bairro Jardim Novo Embu e estudo de regulamentação fundiária nos Bairros Itatuba, o Parque São Leonardo, Chácaras Bartira, Engenho Velho, Embu Colonial, Jardim Silvia, Jardim Tomé, Jardim Santa Luzia, Bairro Ressaca, Cercado Grande e o Novo Embu.

Para acompanhar a íntegra do resumo das votações da 15ª sessão ordinária  Câmara Municipal da Estância de Embu das Artes clique aqui.

Assessoria de Comunicação