Em cerimônia virtual Renato Oliveira é conduzido à presidência da Câmara e Ney Santos é empossado prefeito de Embu das Artes

Por | 1/01/2021


Foto:Divulgação

Ney Santos e Hugo Prado, respectivamente prefeito e vice-prefeito de Embu das Artes foram empossados, juntamente com os 17 vereadores eleitos no pleito 2020, na manhã desta sexta-feira (01), em cerimônia virtual transmitida pela Câmara Municipal, que escolheu também a nova Mesa Diretora da casa, que terá o vereador Renato Oliveira como presidente para o período de 2021 e 2022.

O vereador Índio Silva presidiu a sessão, iniciou a cerimônia fazendo um minuto de silêncio em respeito às vítimas da covid-19 e da tragédia provocada pela forte chuva da última terça-feira (29) e realizou a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal, que ficou com a seguinte composição: Renato Oliveira - presidente, Gerson Olegário - vice-presidência, Índio Silva - 1º secretário, Betinho - 2º secretário, Bobilel Castilho - 3º secretário e Abel Arantes - suplência.

No seu primeiro discurso como presidente da Câmara, Renato Oliveira ressaltou o desafio que ele tem ao assumir a presidência da casa e ser o sucessor de Hugo Prado, que fez uma gestão exemplar. “Agradeço nosso Deus, agradeço aos vereadores pelo voto de confiança e quero ressaltar que os (as) senhores (as) podem ter certeza que tenho a grande missão de dar continuidade ao belíssimo trabalho que, o agora vice prefeito Hugo Prado, fez aqui nesta Casa”, disse o presidente.

O prefeito Ney Santos, usou a palavra e lembrou que essa reeleição foi, para ele, um julgamento popular e, diante dessa aprovação aumenta a sua responsabilidade em dar continuidade ao trabalho realizado e promover novas ações para que os cidadãos embuenses tenham melhor qualidade de vida.

Foram empossados para vereadores: Índio Silva (Republicanos), Gideon Santos (Republicanos), Ricardo Almeida (Republicanos), Bobilel Castilho (PSC), Abel Arantes (PL), Luiz do Depósito (MDB), Gilson Oliveira (Republicanos), Gerson Olegário (Avante), Alexandre Campos (PTB), Aline Santos (MDB), Dede (Republicanos), Renato Oliveira (MDB), Betinho Souza (PSD), Abidan Henrique (PDT), Joãozinho da Farmácia (PL), Adalto Batista (PSDB) e Sander Castro (Podemos).

Durante a cerimônia de posse, o vereador Luiz do Depósito pediu licença do cargo para tomar posse como secretário na prefeitura, em seu lugar assume o suplente Lucio Costa.

A decisão de não permitir a participação presencial do público à cerimônia, buscou seguir os protocolos de segurança para evitar a proliferação do Covid-19.

 

Assessoria de comunicação