Em sessão, vereadores lamentam morte de assessor parlamentar por coronavírus

Por | 19/05/2020

Os vereadores aprovaram uma moção de pesar pela morte do assessor parlamentar do vereador Joãozinho da Farmácia, Pedro Fernandes Alves dos Santos, mais conhecido com “Pedrão” que contraiu o vírus covid-19 e veio a falecer nesta terça-feira (12). Combalidos pela notícia de falecimento, os parlamentares se uniram para prestar uma homenagem ao assessor. Na ordem do dia da 12º sessão os vereadores aprovaram a possibilidade do executivo em realizar convênio com clinicas de fisioterapia no município.


Na 11º sessão ordinária os vereadores lamentaram a morte do assessor parlamentar Pedrão. Além de assessor, locado no mandato do vereador Joãozinho da Farmácia, ele era presidente do partido PL no município.
“Eu conheço o trabalho do Pedrão até porque nós congregamos na mesma igreja. Conheci ele há muitos anos e é uma perda irreparável em todos os sentidos. Na nossa igreja no nosso meio de trabalho, na política é uma perda muito grande”, disse o vereador Jefferson do Caminhão.


“Para quem não sabe o Pedrão mora aqui no meu bairro, seus pais e irmãos. O Pedrão era uma pessoa tranquila, sempre se preocupava em ajudar as pessoas e a gente fica triste de estar vendo esses acontecimentos”, disse o vereador Luiz do Depósito.


Com voz embargada, o vereador Joãozinho da Farmácia destacou a atuação de Pedrão como assessor e por sua humildade no dia-a-dia. “Quero aqui deixar meus sentimentos aos familiares do Pedrão. Falar dele é falar de uma pessoa que sempre esteve ali para ajudar o próximo. Uma pessoa simples. Ele estava muito feliz na vida dele, mas Deus levou ele. Meus sentimentos a família”, disse o vereador Joãozinho que não segurou as lágrimas. Pedro Alves deixou esposa e 4 filhos.


Ordem do dia



Na ordem do dia da 11º sessão, os vereadores aprovaram indicações do vereador jefferson do caminhão solicitando ao executivo o recapeamento da Rua Tomás Antônio Gonzaga, no Jd. Independência. Ele também solicitou a implantação de iluminação pública e a instalação de uma base da GCM no local.
O vereador Bobilel Castilho indicou ao executivo municipal a isenção total das taxas de velório e sepultamento no período da pandemia.



12º sessão ordinária



Na sessão subsequente os vereadores aprovaram o Projeto de Lei de autoria dos vereadores Joãozinho da Farmácia e Daniboy a possibilidade de o executivo firmar convênio com clínicas particulares de fisioterapia e acupuntura.
“Esse projeto é importante para evitar que as pessoas percorram quilômetros de distância, até mesmo no cenário pós-pandemia. Tem pessoas que vão para outras cidades para fazer [o procedimento de fisioterapia] porque na nossa região a capacidade já foi atendida”, disse o vereador Daniboy em apoio ao projeto aprovado.

 

 

NOTA DE PESAR  (PEDRÃO)

 

Pedro Fernandes Alves do Santos (Pedrão)

É com profundo pesar que que a Câmara Municipal de Embu das Artes lamenta a morte de Pedro Fernandes Alves do Santos, mais conhecido como Pedrão, presidente do Partido Liberal (PL) de Embu das Artes e Assessor Parlamentar do vereador Joãozinho da Farmácia (PL). Vítima do vírus covid-19, Pedro faleceu no início desta noite de terça-feira (12) após complicações em seu quadro clinico acentuado pelo coronavírus.

Pedrão, como era conhecido pelos amigos e familiares, era morador do Jd. Júlia e obreiro da Igreja Assembleia de Deus. Tinha atuação ilibada na política embuenses e se destacava por sua conduta em sempre estar disposto a servir ao próximo.

Aos 44 anos, ele deixa esposa e 4 filhos.
___

“Durante a nossa vida conhecemos pessoas que vêm e que ficam, outras que, vêm e passam. Existem aquelas que, vêm, ficam e depois de algum tempo vão-se. Mas existem aquelas que vêm e se vão com uma enorme vontade de ficar...”

                                                                                   - Charlie Chaplin

 

 

 



(Assessoria de comunição)