Vereadores enaltecem “Queima do Alho” que ganha data oficial no calendário do município

Por | 9/09/2019

Vereador Ricardo Almeida apresentou projeto que determina a inclusão do tema "Embu das Artes e suas histórias" no currículo das escolas municipais
Foto:Alexandre / CMEMBU

Na sessão desta quarta-feira, dia 4, os vereadores enalteceram a realização do evento “Queima do alho” que é tradicional no município vizinho, Itapecerica da Serra, e vem se tornando cada vez mais presente no calendário oficial da cidade. O evento que é tradição da culinária típica das comitivas de peões de boiadeiro terá agora, por meio do PL 110/19, de autoria do presidente da Casa, Hugo Prado, o dia 25 de agosto como data oficial da festividade. Além da inclusão do dia no Calendário, os vereadores também aprovaram uma moção de aplausos pela realização do evento no último dia 25, no Parque Francisco Rizzo.

Em comentário sobre a realização do tradicional evento da "Queima do Alho", o presidente da Câmara, Hugo Prado, enalteceu o resgate a essa tradicional festa que passa integrar o calendário municipal de eventos. "Com o crescimento das grandes cidades, muito dessa tradição acabou se perdendo, e a realização do evento da queima do alho é também resgatar um pouco dessa cultura, da tradição, e acima de tudo, valorizar a cultura sertaneja aqui na cidade de Embu das Artes e em todo o país.

Na ocasião o representante do tradicional evento no Estado de São Paulo, Alício Donizete, mais conhecido como "Papito", esteve presente, juntamente com o vereador e atual Secretário de Cultura, Júlio Campanha, para receber a Medalha Belchior de Pontes e acompanhar a aprovação do PL que inclui a "Queima do Alho" no calendário oficial da cidade.


Nos trabalhos do legislativo, os vereadores também aprovaram a inclusão do “Dia do Agente Comunitário de Saúde” no calendário oficial da cidade. De autoria do vereador Ricardo Almeida, o dia 4 de outubro será agora comemorado como dedicado aos agentes. “Na semana a Secretaria de Saúde deverá desenvolver ações para melhorar a qualificação dos agentes, bem como promover a integração entre os mesmos”, diz trecho do PL aprovado.


Os vereadores também aprovaram o PL 112/2019 que institui o “serviço” de assistência religiosa para a Guarda Civil Municipal (GCM) e seus familiares. Serão nomeados Capelães Chefes: Pastor Eduardo José dos Santos; Padre Gian Paulo Rangel Ruzzi. Todo trabalho do Capelão Chefe deverá se enquadrar como serviço voluntário sem remuneração salarial.


“Gostaria de cumprimentar a todos os líderes religiosos, a comunidade católica em nome do Padre Jean, a nossa Igreja Assembleia de Deus em nome do nosso pastor Eduardo, e dizer que a nossa GCM ela fez aniversário e o presente pra vocês é a capelania da cidade”, disse o vereador Gilson Oliveira.


O presidente da Câmara, Hugo Prado, destacou a necessidade desse apoio moral e espiritual aos agentes de segurança da cidade. "Destaco a importância da GCM de Embu das Artes. Nós sabemos que hoje a GCM conta com uma infraestrutura necessária para a realização de seu trabalho, mas mesmo os homens armados, eles precisam acima de tudo, das bênçãos do nosso Deus todo poderoso para estarem se protegendo e protegendo a nossa população", disse o presidente da Câmara, Hugo Prado.


Encaminhado pelo governo municipal, os vereadores também aprovaram PL que autoriza o executivo a suplementar elementos de despesas para a operação de crédito (Finisa) da Caixa Economia Federal em infraestrutura urbana.


Embu das Artes nas Escolas


De autoria do vereador Ricardo Almeida, o PL 79/2019 determina que seja incluído no plano de ensino das escolas municipais a história da cidade de Embu das Artes. “Saber a história significa resgatar e preservar a tradição daqueles que contribuíram para que a comunidade local chegasse ao ponto em que se encontra”, diz trecho do PL aprovado.


“A ideia desse projeto é levar para a sala de aula um pouco dessa riqueza que é a história de nossa cidade e fazer no coração das crianças o orgulho de morar e ter nascido em Embu das Artes”, disse o vereador Ricardo Almeida em defesa de seu projeto.



Indicações


O vereador Gerson Olegário aprovou diversas indicações na ordem do dia.
Em solicitação ao executivo municipal, Gerson indicou a construção de um Centro de Recreação Infantil no terreno localizado na Rua Chile, no Jd. São Marcos; a substituição de iluminação pública “amarela” por luz “branca” em toda a extensão da Rua Jaguaré, Bom Retiro, Rua Brasilândia, Rua Americanópolis, Rua Bonfiglioli, Rua Água Branca e Rua da Benção, ambas no Jardim Laila.


Gerson também solicitou a substituição de iluminação da Rua Centauro, no Jd. do Colégio, e a viabilidade de implantação de postes de iluminação na continuação da Rua Capivari, no Parque Luiza. Ele também solicitou a implantação de postes de iluminação na viela entre as Ruas Argentina e Bolívia, no Jardim dos Moraes.


O vereador Carlinhos do Embu, em parceria com o presidente da Câmara, Hugo Prado, indicou ao executivo municipal a viabilidade de inclusão da viela “Criatividade”, no plano municipal de pavimentação, e um bicicletário no Largo 21 de Abril, centro histórico do município.

 

 



Assessoria da Câmara.

ATIVIDADES

INSTITUCIONAL

IMPRENSA

  • cme.comunicacao@gmail.com
  • Telefone: (11) 4785-1568 Ramal 227/242
  • Coordenador de Comunicação: Alexandre Oliveira
  • Jornalista Assessor de Comunicação: Adilson Oliveira
  • Assessora de Comunicação: Gabriela Rocha
  • Estagiário: Matheus Lima Silva
  • Arquivo Fotográfico: Flick