Vereadores aprovam alteração na Lei do Conselho Gestor da Feira de Artes no município

Por | 30/08/2018

Vereadores lamentam morte de garoto Leonardo Costa, de 19 anos, no Jd. Santo Eduardo, vítima de latrocínio
Foto:Alexandre Oliveira / CMEMBU

O Conselho será formado por 9 representantes da Feira (sociedade civil) e 3 representantes do Poder Público


Os vereadores aprovaram na manhã dessa quarta-feira, dia 29, alterações na Lei Complementar que define a composição do Conselho Gestor da Feira de Artes e Artesanato no Centro Histórico do município aos finais de semana e feriados. Com as alterações, o conselho passa a ter 9 representantes, composto por expositores da Feira e 3 representantes indicados pelo poder público. Os parlamentares também aprovaram o pedido de afastamento por tempo determinado do prefeito, Ney Santos. O prefeito retorna a suas atividades no dia 8 de outubro.


Com a aprovação do PL que altera dispositivos na Lei Complementar nº 83, o conselho que é consultivo e deliberativo terá em sua maioria representantes da sociedade civil. A composição do conselho será por segmentos: 04 (quatro) de Artesanato; 02 (dois) de Artes Plásticas; 02 (dois) de Alimentos; 01 (um) representante dos demais segmentos.
Do poder público serão indicados dois representantes da Secretaria de Turismo e um do Centro de Atendimento ao Expositor (CAEX).



Ordem do Dia



Os vereadores também aprovaram diversas indicações na ordem do dia. O parlamentar Ricardo Almeida indicou o recapeamento das ruas:  Corsega, Glasgow, Guaiçara, Marselha, Mauritânia, Quebec, Valdir da Rosa, no bairro Vila Olinda.


Ele também indicou o recapeamento das ruas Artur Cruz Ferreira, Clotilde José Silva, das Esculturas, Herculano José de Aguiar, Milão, das Pinturas, Turim e Verona no bairro Vila Regina. A troca dos bloquetes por pavimentação asfáltica em toda a extensão das Ruas Rainha Maria Stuart, Jardim do Sol, no mesmo bairro.


No Casa Branca ele indicou o recapeamento das ruas Jiboia, Onça, do Polígono, Quincas Borba, Rainha Catarina, Rainha Isabel, Rainha Vitoria, Sena, Urso, Viena, Zurique e Wladimir Herzog.


O recapeamento das Ruas Tomaz Antônio Gonzaga (Jardim Independência). Rua Gótica (Jardim Marina) e Rua Ilha do Governador, no Jardim Jurema, Rua Ilha solteira e rua Ilha Comprida, no Jardim dos Oliveiras. Ruas Borgonha e Hamburgo, no bairro Vila Olinda.


Indicou a implantação de asfalto na Rua Aurora Gaspar Christie, no Jardim de Lourdes, além da padronização das calçadas.


Recapeamento das ruas Metro, Moema, Morumbi, Olido, Paladium, Paraíso, Penha, Perdizes, Previdência Tatuapé, todas no bairro Jardim Santa Tereza. Rua Tabajara, no bairro Santa Rosa.


Além dos recapeamentos, o parlamentar também indicou a Instalação de uma academia pública na esquina da Rua Marabá com a rua Plaza, no Jardim Santa Tereza, e um Ambulatório Médico Especializado (AME) na cidade de Embu das Artes.


Ao executivo ele também solicitou ao executivo municipal estudos que possibilitem a implantação de um parque com pista de caminhada, campo de futebol e academia pública no terreno próximo à rua sem saída “Maria”, na altura do número 103, anexo aos galpões empresariais localizado no bairro Jardim Magali. A ampliação do estacionamento do Pronto Socorro Central, bem como melhorias no acesso e a substituição das lâmpadas de halogêneo por lâmpadas de LED na iluminação do campo de futebol “João Marreta” (Santa Tereza).


O vereador Índio Silva indicou a realização de estudos para implantação de postes de iluminação pública, na Praça do Bosque, no bairro Jardim Batista.


O vereador Bobilel indicou a urgente instalação de postes para iluminação pública em toda extensão da Avenida Rotary.


E o vereador Gideon Santos solicitou estudos para o recapeamento da Alameda Tipuanas, no Bosque do Embu.

 

IMAGENS DA SESSÃO

26º SESSÃO - 2018

 

Alexandre Oliveira / Assessoria de Comunicação

Comentários

Nenhum comentário até o momento