Vereadores lamentam morte de Raquel Trindade em sessão e cobram dos Bancos instalados na cidade melhor atendimento ao público

Por | 20/04/2018

Vereador Gerson Olegário apresentou a moção de pesar pelo falecimento da artista Raquel Trindade, ocorrida no último domingo (15)
Foto:Alexandre Oliveira / CMEMBU

Os vereadores lamentaram a morte da multiculturalista Raquel Trindade ocorrida na madrugada de domingo (15). Sentidos pela perda, os parlamentares aprovaram uma moção de pesar proposta pelo vereador Gerson Olegário. Vossas excelências também aprovaram uma moção de repúdio pelo mal atendimento prestado pelas agências bancárias instaladas no município. A moção foi proposta pelo vereador Luiz do Depósito. Os vereadores também aprovaram um Projeto de Lei que nomeia a via pública (travessa) entre as Ruas Bolívia e Argentina, no Jd. dos Morais. Outras 15 indicações foram aprovadas na ordem do dia.


Sentidos pela recente perda da artista plástica e representante dos movimentos culturais afro-brasileiros, Raquel Trindade, os vereadores fizeram referência a sua importância para o município e sua história na arte e na cultura.
Para o autor da moção, Gerson Olegário, Raquel deixou um grande legado para a cidade que precisa ser preservado. "Quero passar a todos que a gente teve uma grande perda em nossa cidade. Uma pessoa que nos trouxe a Cultura-Afro, a cultura popular para nossa cidade. A gente perdeu essa pessoa maravilhosa, Raquel Trindade. Peço que não deixemos morrer o que ela trouxe para nossa cidade. Temos que continuar o trabalho dela, sei que tem várias pessoas que estão ao lado dela. Era uma pessoa que não tinha vaidade nenhuma. Diversos prefeitos e vereadores que por aqui passaram e ela sempre com aquele sorriso no rosto. Eu tive a honra e o prazer de conhecê-la pessoalmente, conversei muito tempo com ela. Vai deixar saudades nossa eterna rainha", disse o vereador Gerson Olegário.


O presidente da Câmara, Hugo Prado, também ressaltou a importância da Raquel para a formação cultural do município. Ele destacou o luto oficial de três dias no município decretado pela Câmara. “Quero salientar meus sentimentos à toda família. A Câmara Municipal com todos vereadores decretou luto oficial por três dias aqui em nossa cidade pelo falecimento desse grande ícone, cultural e artístico, e sem dúvidas o momento é de tristeza, mas também é um momento de muita reflexão. O momento de entender o legado de dona Raquel Trindade e toda família Trindade aqui na cidade de Embu das Artes. Eu não me recordo de ter vivido um funeral e um sepultamento tão vivo e tão intenso como foi da Dona Raquel. A nossa cidade, o centro histórico de Embu das Artes ele, de fato, parou para ver e fazer essa despedida a essa grande artísta da nossa cidade. Me emocionei muito quando vi crianças na grade de uma escola aplaudindo o cortejo fúnebre de Dona Raquel. E a despedida dessa grande artista da nossa cidade não poderia ter sido de uma forma diferente. Ela que sempre foi muito alegre, muito viva e muito intensa em suas atividades, em suas atitudes, nos deixou com seu passamento mais uma lição. Uma lição que nós temos que unir forças, que temos que continuar firmes nos nossos propósitos, más a cima de tudo que o que nós temos que fazer aqui por essa passagem em nossa vida é construir um legado para que quando a gente partir desse mundo as pessoas possam se lembrar com alegria do que nós fizemos", disse o presidente da Câmara, Hugo Prado.



Os vereadores também prestaram homenagens a Raquel e ressaltaram sua importância na formação artístico-cultural do município.


"No meu primeiro mandato fizemos uma homenagem a Raquel e naquele momento eu falava que nós tínhamos uma enciclopédia viva da cultura afro, da cultura no sentido geral em Embu das Artes ", disse Edvânio Mendes.
"Nós perdemos a dona Raquel que tanto lutou pela nossa cidade, não só ela quanto a família dela, e dispensa comentários para falar da luta, da guerra por tudo que ela fez, tanto pela cidade quanto pelos artistas", disse o vereador Luiz do Depósito.


"Deixo meus pêsames aos familiares e peço que Deus conforte o coração a cada um deles. Tem pessoas que só passam por aqui, por essa terra em vida, mas a Raquel ela passou e deixou um legado, deixou um nome, deixou um trabalho e ninguém vai tirar essa marca que ela deixou em nosso município", disse  o vereador Ricardo Almeida.
"Quero dar meu sentimento para os familiares e amigos dessa grande mulher, Raquel trindade. Que Deus possa confortar o coração de todos e que ela descanse em paz", disse o vereador Joãozinho da Farmácia.


"Raquel Trindade deixará um grande legado cultural e também de empoderamento feminino. Porque ela representava as mulheres, mostrava que realmente a mulher tem que aceitar nenhum tipo de violência, nem verbal, nem física. Ela é nossa referência aqui na cidade e continuará sendo", disse a vereadora Rosângela Santos.


"É uma grande perda para a nossa cidade e para o nosso país", disse o vereador Carlinhos do Embu.
"Gostaria de lamentar a perda do maior ícone cultural e artístico que nossa cidade tinha em vida, que era a Dona Raquel Trindade. Pra quem não sabe a dona Raquel no segundo governo do presidente Lula ela foi convocada até o ministério da Cultura e recebeu um prêmio pela sua obra, por sua grandiosidade no meio artístico cultural e isso engrandeceu muito a nossa cidade à época. A Raquel deixou um grande legado e tenho certeza que sua família continuará levando essa bandeira", disse o vereador Doda Pinheiro.


"É uma grande perda. Nós poderíamos ficar aqui a tarde toda que não teríamos palavras para definir quem é Raquel. Que seu espirito continue entre nós, uma mulher tão importante. Nossa cidade perdeu uma grande líder, uma grande artista. Tenho certeza que jamais Raquel Trindade será esquecida em nossa cidade", disse o vereador Bobilel Castilho.
"Quero mandar meu abraço a toda família e pedir a Deus que conforte o coração de todos familiares", disse o vereador Índio Silva.


Ordem do dia


Os vereadores aprovaram 15 indicações e uma moção de aplausos na ordem do dia.


Abaixo, listamos o material aprovado:


INDICAÇÃO - 103/2018
Os vereadores Gerson Olegário e Edvânio Mendes solicitaram ao executivo municipal estudo para a implantação de uma Academia Publica com Iluminação na Rua Orion, no Jd. Colégio.

INDICAÇÕES – 107, 108, 109, 110, 111, 112, 113, 114, 115, 116, 117 e 118/2018
O Vereador Doda Pinheiro, indicou a realização de estudos para o recapeamento asfáltico das Ruas Ângola, Rua Congo, Rua Etiópia, da Avenida João Paulo I, da Rua Líbia, da Rua Guime, da Rua Gambia, da Rua Gabão, da Rua Nigéria, da Rua Rodésia, da Rua Moçambique e da Rua Quênia, todas localizada no Jardim São Luiz.

INDICAÇÃO - 119/2018
O vereador Daniboy indicou ao executivo municipal a reforma da quadra localizada na Rua Mongaguá, no Jd. Vista

INDICAÇÃO - 122/2018
O vereador Júlio Campanha indicou a elaboração e viabilização de projeto da troca de iluminação da luz amarela pela luz branca na Estrada dos Morais em toda sua extensão.

Os vereadores também aprovaram uma moção de aplausos e congratulações (24/2018) ao Senhor Fagner Gouveia, Ouvidor Geral do município, que em 2012 lançou a obra: “1000 pensamentos Inspiracionais para viver em equilíbrio” – Editora Laços. Fagner tem uma atuação de grande destaque no poder executivo e vem colaborando para a ações sociais da prefeitura. Para este ano ele pretende publicar a obra “O mundo corporativo não é um conto de fadas”, também pela Editora Laços.


Os vereadores também aprovaram uma moção de repúdio pelo atendimento prestado nas Agências Bancárias do município, constrangendo clientes e tornando a utilização do sistema bancário dificultosa.  “Não podemos deixar que uma pessoa fique três horas para ser atendido no caixa. Mas não só a questão da demora no atendimento, mas também na entrada onde deixam muitas pessoas em uma situação difícil. Já vi mulheres tendo que tirar a blusa e uma pessoa tirando o sapato. Então eles olham na cara da pessoa e fazem uma avaliação de quem quer deixar entrar e quem não. Não há regra. Eu mesmo já entrei com moeda no bolso. Temos que cobrar deles o que a lei federal exige”, disse o vereador Luiz do Depósito, que foi acompanhado pelo vereador André Maestri nas críticas.

 




IMAGENS DA SESSÃO


 

11º SESSÃO ORDINÁRIA - 2018

 

 

Assessoria de Comunicação

Comentários

Nenhum comentário até o momento

ATIVIDADES

INSTITUCIONAL

IMPRENSA

  • cme.comunicacao@gmail.com
  • Telefone: (11) 4785-1568 Ramal 227/242
  • Coordenador de Comunicação: Alexandre Oliveira
  • Jornalista Assessor de Comunicação: Adilson Oliveira
  • Assessora de Comunicação: Gabriela Rocha
  • Estagiário: Daniel Vinicius
  • Arquivo Fotográfico: Flick