Vereadores destacam ato heroico da docente Helley Abreu Batista, que perdeu sua vida ao defender os alunos da Creche Gente Inocente

Por | 17/10/2017

Vereador Luiz do Depósito destacou a importância da grade de proteção nos projetos habitacionais verticalizados
Foto:Alexandre Oliveira / CMEMBU


O presidente da Câmara, Hugo Prado (PSB), apresentou uma Moção de Aplausos à professora Helley Abreu Batista em respeito ao ato de bravura da docente que perdeu sua vida em detrimento a salvar a vida de seus alunos. “O que essa senhora, com três filhos fez neste ano foi simplesmente um gesto de amor. Um dos maiores gestos de amor que eu já vi na minha vida, na minha história. Ela que deu sua própria vida para salvar outras crianças que fatalmente seriam vítimas desse incêndio. Fica aqui a minha solidariedade a toda família”, destacou o presidente da Câmara, Hugo Prado. O vereador Edvânio Mendes (PT) também exaltou a postura da docente. “Apesar desse momento trágico, essa professora está deixando um legado de solidariedade que mesmo naquele momento difícil estava ali tentando defender as crianças”, disse o vereador.


O vereador Jefferson do Caminhão, também tratou do tema ao apresentar uma Moção de Pesar, subscrita pelos demais vereadores, pela tragédia ocorrida na creche Gente Inocente.


Encaminhado pelo executivo, o Projeto de Lei Complementar (PLC) 30/2017 permite ao município o parcelamento de débitos junto ao Regime Próprio de Previdência Social – RPPS, gerido pelo Fundo de Previdência Social do Município de Embu das Artes – EMBUPREV. “A importância desse projeto é para que o município tenha sua saúde financeira sempre em dia. Se pensarmos em parcelamentos a curto prazo nós não vamos conseguir honrar e comprometer assim a saúde financeira. Por isso a importância de se utilizar essa portaria e adequar a nossa Lei Municipal”, disse o presidente da Câmara, Hugo Prado, em defesa do projeto.


Os vereadores Edvânio Mendes (PT) e a vereadora Dra. Bete (PTB) apresentaram o PL 87/2017 que institui a divulgação do serviço de Disque Denúncia da Violência Contra a Mulher. O serviço será publicitado em grande parte dos estabelecimentos comerciais do município, além dos órgãos de serviço público. O número para a realização de denúncia dos crimes praticado contra a mulher é o (180).  O vereador Edvânio Mendes (PT) também apresentou o Projeto de Lei (PL) que torna obrigatório a inserção de intérprete da língua brasileira de sinais (libras) nos eventos oficiais realizados pelo executivo municipal.


Enviado pelo prefeito municipal, o PL 88/2017 autoriza o executivo para a contratação de pessoal para programas de proteção social básica e especial, que serão inseridos na Secretaria de Desenvolvimento Social.  O regime de contratação será por tempo determinado (12 meses) para desenvolver funções nos Programas de Proteção Social Básica e Especial.


Apresentado pelo vereador Luiz do Depósito (PMDB) o Projeto de Lei 78/2017 aprovado em sessão autoriza o município a criar Lei Específica para construtoras e cooperativas que executem projetos habitacionais na cidade a instalarem redes de proteção nas janelas, sacadas e mezaninos das unidades. De acordo com o Projeto, o Ministério da Saúde divulgou que no ano de 2013, ocorreram 753 internações hospitalares decorrentes a acidentes devido a não utilização de redes protetoras em unidades habitacionais verticalizadas.


Também aprovado, o PL 74/2017 autoriza o executivo municipal a promover o controle populacional de cães e gatos do município com uma unidade móvel de esterilização. Apresentado pelo vereador André Maestri (PTB), a esterilização de animais é considerada uma “questão humanitária” evitando que crias indesejadas não sejam abandonadas na ruas da cidade. O projeto 76/2017, de autoria do vereador André Maestri foi rejeitado pela maioria dos vereadores em plenário.


Os vereadores Jefferson do Caminhão (PSDB) e Gilson Oliveira (PMDB) apresentaram moção de repúdio contra a revista Veja pela publicação da matéria: “O povo que incomoda" publicada na edição de nº 2550. Segundo os vereadores, o teor de seu conteúdo noticioso trata de forma tendenciosa e preconceituosa as igrejas Evangélicas do Brasil.


Na ordem do dia os vereadores também aprovaram 3 indicações. O vereador Jefferson do Caminhão indicou a revitalização da Praça localizada na Rua Hercilio Wustenberg, no Jd. Pinheirinho. Bancos, Iluminação, Academia Pública e paisagismo foram alguns dos itens solicitados.


A vereadora Rosângela Santos (PT) indicou ao executivo municipal a manutenção da academia pública localizada no Jd. Do Colégio. Ela também indicou a finalização das obras de tubulações para a canalização do córrego que corta o bairro Jd. Do Colégio, além da limpeza com a retirada de mato e entulho do local.


IMAGENS DA SESSÃO


33º SESSÃO



Alexandre Oliveira / Diretor de Comunicação

Comentários

Nenhum comentário até o momento