Antes do feriado prolongado, vereadores aprovam 5 PLCs, um Requerimento e 2 projetos de Lei

Por | 11/09/2017

Vereador André Maestri valoriza jovens aprendizes com criação de selo à empresas parceiras
Foto:Alexandre Oliveira / CMEMBU

Os vereadores da Câmara Municipal de Embu das Artes aproveitaram a sessão antes do feriado prolongado de 7 de setembro (Proclamação da República) para aprovar uma extensa lista de Projetos de Lei Complementar, encaminhados pelo executivo, dois Projetos de Lei (PL) de autoria dos vereadores, um Requerimento e 19 indicações na noite desta quarta-feira, dia 6. Uma moção de pesar também foi aprovada.


Encaminhados pelo governo municipal, os PLCs 22;23;24;25 e 26 foram aprovados pelos vereadores, com destaque para os PLCs  22 e 23 que tratam sobre a alteração das Leis 186 e 289 que dispõem sobre a Outorga Onerosa do Direito de Construir.


O vereador André Maestri apresentou ao plenário do Projeto de Lei (PL) 69/2017 que institui a criação do selo: “Empresa Amiga da Juventude Embuense”. Com o PL, Maestri acredita que haverá maior incentivo às empresas na contratação de Jovens Aprendizes. “Esse projeto ele tem um simbolismo quanto ao selo. Mas uma vez que você tem um simbolismo, você cria um incentivo para que essa empresa dê oportunidade aos jovens, que cumpra-se a Lei Federal 10.097, a qual as empresas devem contratar jovens aprendizes que tenham a oportunidade do estudo, mas ao mesmo tempo inserção no mercado de trabalho”, disse o vereador André Maestri em defesa pela aprovação do PL.
O vereador Jefferson Siqueira também provou o PL 61/2017 que trata sobre o “Natal Iluminado no Centro Histórico”.  O Projeto encontrou resistência dos vereadores Luiz do Depósito, Júlio Campanha, Doda, Felipe do Rancho e Edvânio Mendes por restringir a adaptação natalina a Praça Central, apenas. Apesar do revés, o PL foi aprovado por 9 votos favoráveis. “Existem verbas destinadas pelo DADE encaminhadas ao município para aplicar ao Centro Histórico. Nós entendemos que algumas verbas que é destinada, a prefeitura não consegue mandar para outro lugar se não pavimentação que liga ao Centro Histórico e no próprio Centro Histórico. E fazer esse projeto em todas as praças não dá porque o próprio DADE não permite que isso aconteça”, argumentou Jefferson justificando o projeto com o beneficiamento apenas da Praça Central.


O vereador Índio Silva também apresentou o Requerimento 16/2017 que solicita a empresa EMTU a implantação de um a linha de ônibus que atenda aos moradores próximos a Rua Maringá, no Jd. Santo Eduardo e adjacências. “Ali no Santo Eduardo estamos com uma dificuldade, por conta que o ônibus passa na Avenida e não atende o bairro lá em baixo do Sto. Eduardo. Gostaríamos de estar abrindo essa discussão com a EMTU uma vez que muitas senhoras precisam se locomover, ir ao hospital, estudantes que saem cedo para trabalhar e retornam tarde do trabalho, e até mesmo pais de famílias que não tem condições de caminhar até a avenida onde o ônibus passa por ser distante”, disse Índio ao defender a aprovação do seu requerimento.



Indicações



No bloco das indicações os vereadores apresentaram para aprovação 19 proposições. O presidente da Casa, Hugo Prago, em conjunto com o vereador Júlio Campanha solicitaram ao executivo municipal a implantação de iluminação pública das travessas da Rua da Benção que liga os bairros Valo Verde, Marina e Independência.


O vereador Jefferson Siqueira indicou a permanência de uma ambulância na Feira de Artes e Artesanato aos finais de semana e feriados, instalação de hidrantes de incêndio na região e contêiner para coleta de lixo, além de papeleiras. Ele também propôs a reforma dos banheiros públicos da Praça Central, Praça da Lagoa e da Av. Elias Yazbek. Ele também indicou a implantação de iluminação, bebedouros, reforma do fraldaria, e um telhado na Praça de Alimentação central (Praça da Lagoa). Jefferson também indicou o estudo para a implantação de um “parquinho” no local.


O vereador Júlio Campanha indicou ao Governo Municipal a implantação de semáforo no cruzamento das vias Estrada dos Moraes, Rua Argentina e Alta Floresta entre o Pq. Pirajuçara e o bairro São Francisco. Ele também solicitou à Sabesp a implantação de rede de esgoto e tratamento na Rua São Domingos, no Jd. São Marcos.


O vereador Gerson Olegário indicou a asfaltamento da Rua Norberto Vieira Diniz, na Chácara Embu Colonial. Doda, Jefferson e o vereador DaniBoy indicaram a implantação de uma unidade do Ganha Tempo (Poupatempo) na sede da prefeitura.


Os vereadores Doda Pinheiro, Júlio Campanha e Carlinhos do Embu solicitaram a implantação de uma Academia Pública na Estrada das Veredas, próximo ao Futuro Parque da Várzea, no bairro Jd. São Francisco. O vereador Júlio também indicou a implantação de cobertura na entrada da UBS do Jd. São Marcos.


A vereadora Rosângela Santos, em parceria com o vereador André Maestri indicaram a reforma da Quadra Poliesportiva do Memorial Sakai. Maestri também sugeriu a implantação de Mercado Municipal em uma das plataformas da Rodoviária Municipal de Embu das Artes. Ele também propôs a criação de uma Escola Municipal de Gastronomia na cidade.

 

IMAGENS DA SESSÃO

 

 28º SESSÃO ORDINÁRIA

 

 

Alexandre Oliveira / Assessoria de Comunicação da Câmara

Comentários

Nenhum comentário até o momento