Com retorno de Júlio Campanha, vereadores aprovam criação de uma rádio web institucional

Por | 30/03/2017

Vereador Júlio Campanha (PRB) retorna a Casa após sofrer um AVC; Em recuperação, ele ainda deverá se manter afastado dos trabalhos por licença médica.
Foto:Alexandre Oliveira

A 9º sessão ordinária realizada nesta quarta-feira, dia 29, foi marcada pelo retorno do vereador Júlio Campanha (PRB) que por complicações devido a um AVC (Acidente Vascular Cerebral) estava internado e de licença médica. Na sessão os vereadores aprovaram o Projeto de Lei que cria a Rádio Web “Embu+”, que permitirá ao governo difundir suas ações por meio de uma programação interativa. A noite também contou com a aprovação de indicações e moções dos vereadores.


Júlio estava internado e fez uma cirurgia na cabeça no Hospital regional de Pariquera-Açu (Sp). Em sua volta, ele agradeceu a compreensão dos colegas parlamentares e dos munícipes, a quem pediu desculpas por não estar em situação de poder defender os interesses do povo no momento. “Ainda sinto muito mal estar. O médico me explicou que como foi uma cirurgia na cabeça, é como você tivesse levado uma pancada e toda pancada que você leva te dá um mal estar em seguida. Tenho que ficar a base de remédios controlados. Eu queria pedir desculpas para a população porque eu fui eleito para representá-los aqui, mas não estou podendo estar presente nas sessões”, disse Júlio que deverá ainda permanecer em repouso por mais 20 dias, buscando sua melhora. Os vereadores desejaram a Júlio uma completa e rápida recuperação, para que ele retorne a Casa o mais breve possível.


Na condução dos trabalhos, os vereadores aprovaram a criação da rádio web “Embu +”, como uma nova forma de difundir as ações do governo de um jeito mais acessível à população. A Rádio deverá divulgar serviços, projetos, programas, notícias e outras ações de caráter institucional de iniciativa do Poder Executivo. “Essa rádio web sabendo usar institucionalmente com a Voz do Brasil, que é meu amigo Cristiano (atual cerimonialista do executivo), com muita sabedoria e sensatez, deixando o munícipe mais próximo das demandas e das coisas que vem acontecendo em nossa cidade, então eu fico feliz de poder fazer parte dessa transformação”, disse o vereador Daniboy (DEM). “Só quem vai ganhar com isso é o povo, a transparência”, enfatizou o vereador Bobilel (PSC), propositor da indicação.


Os vereadores Carlinhos do Embu, Zezinho Barros, Edvânio Mendes e o presidente da Casa, Hugo Prado também destacaram a importância do projeto ao município. “A nossa cidade infelizmente não tem uma TV, não tem inserção na grande mídia, então é de suma importância que nós tenhamos mecanismos para que sejamos cada dia mais próximo do nosso povo”. Destacou o presidente do legislativo, Hugo Prado.


Ordem do dia


Os vereadores aprovaram o reparo da malha asfaltica da Rua Baviera, no Jd. da Luz, reestruturação do sistema de drenagem (GAP) da Rua Bolívia, em frente ao Colégio Elza Marreiro, pavimentação da Viela Pêra, com canalização e drenagem do córrego do Jd. Castilho e o recapeamento das Ruas do Jd. Silva.


Houve também indicações para a implantação de sistema Wireless (WIFI) na frota de ônibus da empresa que administra o transporte público da cidade, placas de identificação das ruas na Estância Turística Embuarama, implantação de uma lixeira comunitária na Rua Tapajós, com a Rua Madeira, no Jd. Novo Campo Limpo e a implantação de uma rotatória no cruzamento das Ruas Tietê, Xingu e Japurá, no Jd. Novo Campo Limpo. Também foi indicado para o bairro Novo Campo Limpo a cobertura do córrego na Rua da Madeira e a instalação de uma academia pública na mesma via.


Para o Jardim Vazame os vereadores aprovaram a indicação que solicita a construção de um Centro Cultural no terreno anexo a escola Jd. Vazame. Outros pedidos foram para a implantação de uma lixeira comunitária na Rua Capivari, no bairro Jd. NSA. De Fátima, uma Academia Pública de Ginástica no campo de futebol Raimundo Menezes, no Jd. Magali; instalação uma praça com academia pública na Rua José Mendes Ferreira, próximo ao campo de futebol João Marreta, no Jd. Santa Teresa.


Também foram aprovadas indicações para a implantação de um Laboratório de Análises Clínicas no município, cruzamento do banco de dados dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e do PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador); implantação de câmera de vigilância para autuação de motoristas que utilizam de forma errada o estacionamento do Pronto Socorro (PS) no centro, e o desenvolvimento de um aplicativo de mensagens via celular para denúncias a Guarda Civil Municipal (GCM).


Os vereadores também aprovaram a Moção de Pesar pelo falecimento do Sr. José Romeu da Silva, antigo morador do Jd. Santo Eduardo, dono de um comércio de Açougue há mais de 40 anos no local. Uma Moção de repúdio direcionada a empresa de transporte público intermunicipal, Miracatiba, pela retirada da função de cobrador, impondo ao condutor, no exercício de duas funções, dirigir e cobrar a passagem.


Também foi aprovado uma Moção de Aplauso endereçada ao Sr. Ivan Pinheiro dos Santos, por seu compromisso de zelar e proteger o patrimônio artístico e biográfico do escultor  Agenor Pinheiro.

 

IMAGENS DA SESSÃO

9º Sessão Ordinária



Alexandre Oliveira  / Assessoria de Comunicação da Câmara

Comentários

Nenhum comentário até o momento