Câmara realiza sessão solene pelos 58 anos de emancipação político-administrativa com anúncio de obras pelo governo

Por Assessoria de Comunicação | 20/02/2017


Foto:

Com a presença de familiares dos emancipadores da cidade, a sessão solene realizada no sábado, dia 18, marcou o quinquagésimo oitavo (58º) aniversário de emancipação político-administrativa de Embu das Artes. No evento como promoção pela data festiva, o prefeito da cidade, Ney Santos, anunciou 58 ações do novo governo para melhorar a cidade, com destaque para a construção de uma nova sede da prefeitura no futuro Parque da Várzea, descentralizando a administração municipal.


Com a presença de 13 dos 17 vereadores da cidade (Gilson Oliveira, Dr. Bete e Júlio Campanha faltaram por motivo de saúde), a sessão solene pelo aniversário do município foi marcada pelos discursos de exaltação a Embu e homenagens aos emancipadores, com representação de seus parentes.


Havia a expectativa de que o primeiro prefeito municipal, Annis Neme Bassith, marcasse presença na sessão, o que não foi possível devido sua debilidade de saúde. Em seu lugar, representando a classe política dos emancipadores, o ex-vice-prefeito, Roberto Terassi fez as honras. “Ontem à noite com muita honra recebi um telefonema do Sr. Annis [...] e falar das pessoas e do próprio Annis... vocês imaginem o seguinte, hoje comemoramos 58 anos de emancipação política e esse fato aconteceu em 1959, mas quantos anos essas pessoas idealizaram, lutaram, se reuniram na casa de um e de outro, com as próprias famílias ali presentes”, disse Terassi remontando aos tempos de Annis e tantos outros que lutaram para que Embu fosse reconhecido como município.


Na tribuna os vereadores se revezaram para parabenizar a cidade e evocar seu papel de fiscalizador do povo na construção de um município melhor. Uma das falas foi da vereadora Rosângela Santos. “Primeiramente quero parabenizar os emancipadores que tiveram ousadia e dedicação para poder construir nossa cidade de Embu das Artes. Hoje é um dia de festa, mas também de refletir sobre o que queremos para Embu das Artes. E queremos o que: o melhor. Lembro que Embu das Artes era considerada a 3º mais violenta do mundo, e isso mudou. Tivemos projetos implantados que fizeram mudar essa realidade. Temos que lembrar do passado e continuar projetos que façam o bem para Embu das Artes”, disse.

 

Manifestando a palavra o prefeito, Ney Santos, exaltou o papel da Câmara Municipal no crescimento da cidade. “Nenhum projeto, nada o prefeito consegue colocar em prática sem que antes passe por aqui. As vezes muitas pessoas desfazem do trabalho do vereador, mas o vereador é aquela pessoa que vota os projetos para o benefício de toda a população”, destacou.


Exaltando a importância da data, Ney Santos destacou o papel dos emancipadores na criação e formação do município. “Se não fosse esses emancipadores nós não estaríamos aqui”, destacou ao nomear todos os representantes de cada emancipador presente à sessão. Representaram os emancipadores seus parentes: Dr. Carlos Koch (representado por sua filha, Edna Koch); Manoel Batista Medida (representado por seu filho, Fernando Medina); Hideo Degaki (representado por sua filha Margarida Degaki); Izaltino Victor de Moraes (representado por sua esposa, Maria Valeriano de Moraes) e Afonso Carpi (representado por sua filha, Aparecida Carpi).


Ney também destacou o momento difícil que o município passa por conta de seu orçamento. Para ele, olhar para trás não resolverá os desafios que sua administração enfrentará nos próximos anos. “O que temos que fazer é levantar a cabeça e levar essa cidade para um futuro de desenvolvimento, trazendo mais empresas, gerando emprego, gerando renda e benefícios a nossa população. Não adianta nada olharmos para trás e cruzarmos os braços e continuar olhando para trás. O povo irá continuar reclamando do posto de saúde que não tem medicamento, o povo vai continuar reclamando que o posto de saúde não tem médico e assim por diante. O que temos que fazer é se unir. O Poder Legislativo, Executivo e Judiciário se unir e colocar essa cidade no rumo do desenvolvimento e fazendo uma cidade justa”, destacou.


Antes do término da Sessão, Ney transmitiu um vídeo publicitário com 58 ações, o que segundo ele serão imediatas em seu governo para melhorar os serviços públicos da cidade. Com destaque para a construção de uma nova sede da prefeitura no futuro Parque da Várzea, próximo ao bairro Jd. Magali. “Lá teremos o polo administrativo e esportivo, com linhas de ônibus e infraestrutura adequada para atender nossa população”, disse. Ele também exaltou a inclusão de 20 novos ônibus no efetivo municipal, com a promessa de mais 20 até Julho deste ano.

 

A mesa solene foi composta pelo Secretário de Serviços Urbanos, Léo Novais, o vice-prefeito, Dr. Peter, representando o primeiro prefeito municipal, Roberto Terassi, o ex-presidente da Câmara, que construiu o prédio Legislativo, Josmar Begale, o presidente da Câmara, Hugo Prado, o prefeito municipal, Ney Santos e a primeira dama, Elaine Cristina.

 

IMAGENS DA SESSÃO

SESSÃO SOLENE - 58 ANOS DE EMBU

 

 

Alexandre Oliveira  / Assessoria de Comunicação

Comentários

Nenhum comentário até o momento