Vereadores aprovam moção de pesar e um requerimento; Suplente do vereador Jefferson do Caminhão toma posse

Por | 9/02/2017

Em destaque o presidente da Câmara, Hugo Prado, o 1º secretário, Edvânio Mendes e o vice-presidente, Carlinhos do Embu
Foto:Alexandre Oliveira

A segunda sessão ordinária do ano, realizada nessa quarta-feira, dia 8, contou apenas com a aprovação de uma moção de pesar, de autoria do vereador Edvânio Mendes (PT) e um requerimento, indicado pelo vereador Gerson Olegário (PTC). O vereador pelo PSDB Jefferson do Caminhão se licenciou da Casa para assumir como secretário de Turismo do executivo municipal e deu lugar ao parlamentar Zezinho Barros, que assumiu nesta quarta.

Com a presença de amigos e familiares, Zezinho Barros (PSDB), suplente que obteve 1.082 votos no último pleito eleitoral tomou posse do cargo de vereador no lugar de Jefferson do Caminhão que será o novo secretário de Turismo do município. Na tribuna, Zezinho disse que não irá decepcionar quem acreditou em seu trabalho. “O meu grande desafio é não decepcionar. Não decepcionar as pessoas que acreditaram nas nossas propostas, no nosso trabalho e não decepcionar a nossa amada Embu das Artes que precisa tanto do nosso trabalho. A população tem grande expectativa sobre nosso trabalho e as dificuldades e os obstáculos que ai estão serão superados”, disse. Ele também exaltou a figura do prefeito eleito, Ney Santos e da deputada estadual de seu partido, Analice Fernandes.

Gerson Olegário apresentou o requerimento endereçado ao comando da Polícia Militar do Estado para o restabelecimento da Força Tática no municípioNa ordem do dia, o vereador Gerson Olegário apresentou o Requerimento 01/2017 para o restabelecimento das operações da “Força Tática da Polícia Militar” no município. “As reclamações que a gente está tendo com a falta de policiamento pelo Governo do Estado de São Paulo que retirou o policiamento da Força Tática de nossa cidade e de cidades vizinhas e nós sabemos que isso vem dificultando e atrapalhando a vida dos nossos moradores que necessitam da nossa polícia”, justificou Gerson Olegário na apresentação do requerimento. O requerimento foi aprovado com 14 votos favoráveis. O vereador Doda Pinheiro (PT) lembrou que no ano de 2016 também apresentou uma moção de repúdio ao comando da Polícia Militar pela retirada de parte do efetivo da PM que operava na cidade e região. “Achei uma irresponsabilidade muito grande tirar a principal força de segurança de nossa cidade e da nossa região, não desmerecendo a nossa GCM, que faz um excelente trabalho, muitas vezes até mesmo cumprindo o trabalho da PM”, comentou.

O vereador Edvânio Mendes apresentou a Moção de Pesar em nome da ex-primeira dama Marisa Letícia, esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Lula) que faleceu no último dia 3/02 aos 66 anos em decorrência de uma AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Edvânio prestou homenagem a Marisa e criticou a postura de algumas pessoas que não respeitaram o luto da família Silva.  “Nesse momento de pesar aqui não tem “P” de partido, aqui não tem o “T” de políticas e discussões ideológicas. O amor nós temos que ter com o próximo. Eu fiquei chocado nesses últimos dias com que muitos postaram (nas redes sociais) sobre a morte da Dona Marisa. Eu penso que um ser humano que se preze tem que pensar ou desejar a morte do seu igual”, disse Edvânio na sessão. Ele também leu um trecho de um pensamento atribuído ao Papa Francisco: “Quando você comemora a morte de alguém, o primeiro que morreu foi você mesmo”.

A moção de pesar 01/2017 foi aprovada por 14 votos.

 

Na sessão o vereador reeleito por Taboão da Serra, Carlinhos do Leme (PSDB), visitou a Câmara e foi recepcionado pelos vereadores, ocupando um lugar na mesa. 

 

 IMAGENS DA SESSÃO

2º Sessão Ordinária

 

 

Alexandre Oliveira / Assessoria de Comunicação

Comentários

Nenhum comentário até o momento