Câmara entrega título de cidadão e medalha a 6 personalidades

Por | 7/12/2016

Edvânio (centro), proponente das honrarias, com o vereador Gilson Oliveira e os homenageados Amêndola, pastora Shirley, Juncal Júnior, Gilmá e pastores Zulmiro e Dário (a partir da esq.)
Foto:Adriana Monteiro/CMETEA

A Câmara de Embu das Artes concedeu na noite desta terça-feira, dia 6, honrarias a personalidades que contribuíram para o desenvolvimento da cidade e qualidade de vida da população. O vereador Edvânio Mendes (PT) entregou o título de "Cidadão Embuense" a Geraldo Juncal Júnior, Márcio Amêndola de Oliveira e Shirley Batista de Mello e a medalha do Mérito Legislativo Padre Belchior de Pontes a Gilmá Batista Dias, Zulmiro Pereira e Dário Oscar de Barros.

Na abertura da sessão solene que reuniu cerca de cem familiares e amigos dos agraciados, Edvânio disse travar com tranquilidade os mais acalorados debates na Casa, mas confessou estar "nervoso" ao falar sobre figuras tão ilustres e de vasto trabalho em favor de Embu. "Essas seis pessoas não estão aqui hoje para serem homenageadas por serem meus amigos no dia a dia. Elas têm honra e fizeram a transformação da sociedade", disse o vereador proponente.

Edvânio se referiu ao arquiteto, urbanista e ex-secretário da Pró-Habitação e de Desenvolvimento Urbano Juncal Júnior, o Gera, como responsável por políticas de regularização de loteamentos clandestinos e revisão do Plano Diretor de Embu. O vereador destacou que o historiador Amêndola foi pioneiro na formação do atual sindicato dos servidores, organizou importantes obras culturais e fundou um baluarte da imprensa regional, o jornal "Fato Expresso".

Edvânio disse a pastora Shirley fundou há mais de 20 anos associação que contribui na formação moral e social de "muitos jovens que, sem assistência, poderiam ser levados ao crime e às drogas". Ressaltou o trabalho do comerciante Gilmá Dias em auxiliar ações de associações de bairro. Sobre o pastor Zulmiro, salientou os quase 50 anos de ministério na "transformação de vidas". Frisou que o pastor Dário faz trabalho social que transcende a obrigação de religioso.

Ao usar a tribuna, os homenageados agradeceram a Edvânio pelas honrarias e reafirmaram identificação com Embu. "Através de você, a Câmara está honrando os que semeiam a fé. A fé ajuda na transformação do homem", disse a pastora Shirley. Juncal Júnior dedicou o título aos militantes de movimentos sociais e técnicos ex-colegas de secretarias e frisou que Embu avançou no PIB por habitante do 30º para o 18º lugar entre as 38 cidades da Grande São Paulo.

Amêndola observou que a medalha que evoca o padre fundador da vila que originou Embu era concedida a dois pastores e salientou que a honraria tem o mérito de destacar outras pessoas que fazem história em Embu, quando rendeu homenagem ao ex-vereador Sadao Nagata, presente, idealizador da comenda. Ele reivindicou a criação de espaço de preservação da história do município. "É muito importante que eu não morra sem ver um centro de memória da cidade", disse.

Em palavras emocionadas, Gilmá manifestou afeto pela cidade. "Quando vim trabalhar no Embu, era uma cidade muito violenta e me assustava. Mas eu acreditava nesta cidade, e com o passar dos anos ela foi melhorando, e decide vir morar em Embu. Hoje estou muito feliz, trouxe meus irmãos para morar aqui", disse. Pastor Zulmiro convocou a "olhar para frente" e fazer de Embu ainda melhor. Pastor Dário conclamou que os homens públicos "visem o pobre, o rejeitado na mazela do dia a dia".

Participaram também da cerimônia o vereador Gilson Oliveira (PMDB), a vereadora eleita Rosângela Santos (PT), o ex-vereador José Ibrahim, os secretários Paulo Giannini (Governo), José Ovídio (Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Marcos Rosatti (Gestão de Pessoas), Maria Emília dos Santos (Controladoria) e Paulo Oliveira (Esportes), além de representantes de movimentos sociais como o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) e do Sindicato dos Químicos de São Paulo.

(Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal)

Comentários

Nenhum comentário até o momento