Vereadores de Embu voltam a discutir as melhorias no cemitério

Por Assessoria de Comunicação | 18/11/2016

Sessão ordinária ocorreu na última quarta-feira, dia 16
Foto:Adilson Oliveira/CMETEA

Os vereadores voltaram a comentar com relação as melhorias no cemitério da cidade durante a sessão ordinária, na noite desta quarta-feira, dia 16. O vereador Edvânio Mendes evidenciou alguns problemas no termo de concessão, as taxas cobradas pela atual administração e as reformas no velório que não foram feitas até o presente momento.

O munícipe Sergio de Oliveira Cabrito, conhecido como Mestre Joca fez uso da palavra na tribuna popular para tratar do cumprimento da lei nº 2681/2013, que dispõe do dia e semana da capoeira. Mestre Joca falou do recurso na Secretaria de Cultura que não teve atenção para com a causa.

Ainda durante a sessão, o Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST) compareceram na Câmara Municipal com o objetivo de receber apoio dos vereadores a cerca da ocupação “Povo sem medo do Embu”, localizada no Jardim Júlia – próximo ao Cemitério Jardim da Paz. A comissão organizada foi recebida e ouvida, após debaterem sobre o assunto saíram com o encaminhamento de aprovar a moção 32/2016, que dispõe do apoio dos vereadores ao movimento. Ressaltando, porém que os vereadores são a favor da moradia para todos e não favoráveis a ocupação em si.  

Foram aprovada uma extensa quantidade de matérias. Dentre elas, o projeto de lei 42/2016, de autoria do vereador Jefferson Siqueira, que trata sobre a realização de campanha de incentivo ao uso de copos reutilizáveis por funcionários de todas as repartições da administração pública municipal da cidade.

Outro importante projeto aprovado foi o 54/2016, de autoria do prefeito Chico Brito, dispõe sobre o Sistema Único de Assistência Social do município. Também aprovaram os Projetos de Decreto Legislativo 26, 27 e 28/2016, todos de autoria do vereador Edvânio Mendes, que concede a medalha do mérito legislativo, Padre Belchior Pontes a importantes pessoas do município, sendo elas: Dário Oscar de Barros, Pastor Zulmiro Pereira, Sr. Gilmá Batista Dias. Ainda o Projeto de decreto legislativo 29/2016 que concede titulo de cidadão embuense a Pastora Shirley Batista de Mello.

(Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal)

 

Comentários

Nenhum comentário até o momento