Vereadores homenageiam o professor Pedro Ayres

Por | 27/10/2016

Vereadores prestaram homenagem ao professor Pedro Ayres
Foto:Adilson Oliveira/CMETEA

O professor de Educação Física, Pedro Ayres foi homenageado na noite desta quarta-feira, dia 26, pelo trabalho desempenhado no município e o exemplo que é tanto para os alunos, como para a comunidade de modo geral. Recebeu por iniciativa da vereadora Rosana Almeida uma Comenda de Mérito Legislativo Padre Belchior de Pontes.

“Falar de uma pessoa tão querida não é tão difícil. O professor neste momento vai receber homenagem indicada pela vereadora Rosana e ficamos muito felizes. Pedro é um mestre diferenciado, uma pessoa que nos educou foi muito importante em nossas vidas como professor e companheiro. O Sr. Pedro sempre fez as comemorações cívicas da nossa cidade e esse ano realizamos a corrida e foi muito bacana”, falou Guego - escolhido para homenagear o professor Paulo Ayres.

Pedro Ayres, nascido em Vera Cruz, interior de São Paulo, veio para São Paulo trabalhar e realizar o grande sonho de ingressar na universidade. Formou-se em 1967 e em março de 1968 iniciou sua carreira em Embu das Artes. Como professor de Educação Física da Escola Madre Odete de Souza Carvalho, o Mosc, foi grande incentivador de campeonatos colegiais e o precursor da Corrida do Fogo Simbólico da Pátria, que teve início na década de 70.

A Corrida envolvia os estudantes, pais, comerciantes da cidade e os órgãos públicos e era iniciada uma semana antes de 7/9, Independência do Brasil.  A tocha era acesa no Museu Paulista da USP, mais conhecido como Museu do Ipiranga, e era trazida até Embu das Artes  pelos estudantes embuenses durante a corrida, passando de mão em mão. A festa se encerrava no dia 7/9 com apresentações de fanfarras desfiles das escolas e diversos jogos e uma solenidade para apagar o fogo simbólico. A corrida se tornou um marco em Embu das Artes.

(Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal)

 

Comentários

Nenhum comentário até o momento