Com 17 cadeiras, Câmara terá 8 vereadores atuais e 9 novatos

Por Assessoria de Comunicação | 3/10/2016

Dos 15 vereadores atuais, 13 concorreram a novo mandato e oito conseguiram se reeleger
Foto:Adilson Oliveira/CMETEA

Eleitores de Embu das Artes escolheram neste domingo, dia 2, de eleições municipais os vereadores da Câmara nos próximos quatro anos, no total de 17, com o aumento de duas cadeiras aprovado na atual legislatura. De 2017 a 2020, o Legislativo terá a permanência de cerca de 60% dos vereadores atuais. Dos 15 que compõem hoje a Casa, 13 se candidataram a novo mandato e oito conseguiram. Com quatro vagas abertas, o parlamento terá nove novatos.

Foram reeleitos Luiz do Depósito (PMDB) - 2.680 votos, 2º mais votado; Gilson Oliveira (PMDB) - 2.251, 4º; Dra. Bete (PTB) - 1.966, 9ª; Carlinhos do Embu (PSC) - 1.856, 13º; Edvânio Mendes (PT) - 1.808, 14º; Doda Pinheiro (PT) - 1.552, 16º; Jefferson do Caminhão (PSDB) - 1.517, 17º; e Júlio Campanha (PRB) - 1.450, 18º, que, acima do número de vagas, conquistou novo mandato na soma de votos na coligação ou partido (coeficiente eleitoral).

Os novos eleitos são Rosangela Santos (PT) - 3.356, a mais votada; Bobilel Castilho (PSC) - 2.624, 3º; Danilo Daniboy (DEM), 2.215, 5º; Gerson Olegário (PTC), 2.144 votos, 7º; Hugo Prado (PSB), 1.965, 10º; André Maestri (PTB), 1.896, 11º; Ricardo Almeida (PRB), 1.860, 12º; Joãozinho da Farmácia (PR), 1.517, 15º; Indio Silva (PRB), 1.427, 19º (coeficiente eleitoral). Dois atuais vereadores se lançaram ao Executivo, Pedro Valdir (PSD), e Ney Santos (PRB), atual presidente da Câmara, que foi eleito prefeito com 79,45% da votação válida (64.828 votos).

(Adilson Oliveira - Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal)

Comentários

Nenhum comentário até o momento