Vereadores discutem transporte e aprovam outras 6 matérias

Por | 4/08/2016

Vereador Jefferson do Caminhão apresentou moção de repúdio
Foto:Adilson Oliveira/CMETEA

Na primeira sessão legislativa após o recesso parlamentar na noite desta quarta-feira, dia 03, os vereadores cobraram melhorias no transporte público municipal e aprovaram mais seis matérias de interesse da população.

A moção de repúdio 20/2016 contra a EMTU, Consórcio Intervias, Viação Miracatiba e Viação Pirajuçara, de autoria do vereador Jefferson Siqueira trata de alguns tópicos como: o descaso com os passageiros em relação ao descumprimento dos horários, diminuição de ônibus nas linhas, superlotação nos ônibus, falta de manutenção, saída de cobradores.

“Tenho batido em alguns teclas já faz alguns meses nessa Casa de Leis, para pedir explicações dos atrasos das linhas que vem acontecendo, falta de ônibus e agora por último algumas linhas como a 343, 056, 484, 193 da Viação Miracatiba foram retirados os cobradores, aí pergunto para vocês, naquele trecho da Constatinopla pode ter sido algo mecânico mas não dá para entender o motorista cobrar, aí ele precisa dirigir, cobrar e ainda alcançar o tempo da linha para chegar”, destacou o vereador Jefferson Siqueira.

O vereador Gilson Oliveira parabenizou e endossou a critica. “Gostaria de parabenizar o vereador Jefferson por ter despertado essa moção porque de fato estamos todos aqui para fiscalizar, e não são só essas empresas aí não tem mais empresas aqui no município também que devemos estar olhando. Depois que acontece o acidente não adianta vir aqui e o vereador Jefferson dirigiu caminhão e sabe do que está falando de tirar no pé”, disse.

Foram aprovados seis projetos de autoria do Executivo em regime de urgência. O projeto de lei 27/2016, institui o cadastro Informativo Municipal – Cadin com o objetivo de fiscalizar e oferecer um mecanismo eficaz de recebimento de débitos das pessoas físicas e jurídicas inadimplentes junto a Prefeitura de Embu das Artes.

A Câmara Municipal também autorizou a criação de dotação orçamentária, ou seja, fixação de recursos com despesa direcionada ao Fundo de Previdência Social do município de Embu das Artes, no valor de R$ 7.014,49. Outro ainda, a Prefeitura dispõe de área pública passando a condição de uso dominial dos terrenos localizados Jardim de Lourdes, com a aprovação fica o Executivo Municipal autorizado a alienar, sem licitação, os imóveis.

 (Adriana Monteiro - Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal)

Comentários

Nenhum comentário até o momento