Câmara entrega título de 'Cidadão Embuense' a Paulo Vicente

Por | 1/06/2016

Paulo Vicente posa orgulhoso com placa de sua honraria ao lado dos vereadores
Foto:Genildo Rocha

A Câmara de Embu das Artes entregou na quarta-feira, dia 25, após sessão ordinária, o título de "Cidadão Embuense" ao secretário municipal de Educação, Paulo Vicente dos Reis. Pós-graduado em gestão estratégica e administração pública e do Terceiro Setor, Paulo Vicente, 52 anos, paulista de Santo André (ABC), atua na prefeitura desde 2011 e foi antes secretário adjunto e titular de Participação Cidadã e coordenador de Planejamento Estratégico.

Aprovado em 13 de abril, o projeto do título de cidadania foi uma iniciativa do vereador Clidão do Táxi (PRB). "Você passou por outros cargos na prefeitura, mas o prefeito Chico Brito acertou em colocar a responsabilidade de uma secretaria tão importante, a mais importante, em suas mãos. Você nunca deixou de buscar projetos para que Embu das Artes inovasse a cada dia. Seu currículo vai ficar na história de nossa cidade, com este título", disse o autor da honraria.

Outros vereadores também exaltaram o homenageado pela capacidade técnica e a gestão à frente da pasta. "Eu sou admirador do seu trabalho, gosto muito da sua postura, um grande secretário", disse Carlinhos do Embu (PSC). "Quem enxergou o Paulo Vicente foi o nosso prefeito. E quando o Clidão apresentou este projeto, na hora aprovamos, é um secretário que tem dado atenção às demandas da educação", disse o vereador Gilson Oliveira (PMDB).

O vereador Júlio Campanha (PRB) afirmou que para ser um bom gestor não basta ser um bom profissional. "O sr. tem um grupo excelente e soube locomover os profissionais dentro da secretaria", disse. Gilvan da Saúde (PR) disse que Paulo Vicente "está deixando a educação nos trilhos". "Você nunca deixou de atender nenhum vereador em uma demanda da cidade", falou. Jabá do Depósito (PTC) disse que o secretário "já faz parte da vida dos embuenses".

O vereador Edvânio Mendes (PT) falou que sempre usou o microfone da Casa "para falar de 'n' secretários que se destacam na administração do prefeito Chico Brito". "Com Paulo Vicente não é diferente. Eu o comparo a [ex-secretária] Jeanete Beauchamp, que fez um belíssimo trabalho", disse. Jefferson do Caminhão (PSDB) comentou que "a maioria dos pares desta Casa aprovou" o título. "Você é um belo educador, um dos maiores que já vi até hoje", afirmou.

A vice-presidente Rosana do Arthur (PMDB), que presidiu a sessão, disse que tranquilizou uma professora que ia ingressar na rede municipal e achava que o secretário era "bravo". "Eu falei para ela que o Paulo gosta de quem trabalha. Quem não trabalhava naquela secretaria, quando o Paulo entrou, ele tirou", disse. Citada pela vereadora, a educadora Lucilene Nunes o homenageou ao dizer que "a história da educação tem sido transformada por suas mãos".

A secretária de Assistência Social também destacou o compromisso do homenageado nas pastas em que atuou no governo. "Quem chega de manhã na prefeitura vê seu carro lá, quem sai por último vê seu carro lá. Isso é fazer gestão pública", disse Roberta Santos. O secretário Edson Bezerra (Gestão Democrática) afirmou que Paulo Vicente "é uma pessoa de extrema competência e onde esteve deu o seu melhor". "É um exemplo de ser humano", ressaltou.

Emocionado, Paulo Vicente agradeceu aos vereadores pela honraria e disse que "temos uma avalanche de desafios todos os dias", mas "não podemos capitular diante do que é imoral, é da ordem da falta de caráter, é da ordem dos acordos, que beneficiam poucos em detrimento de muitos". Ele disse que Embu recebeu Selo Internacional em excelência em educação. "No Brasil, havia apenas 16 cidades com este título. Embu das Artes é a 17ª", destacou, sob aplausos.

(Adilson Oliveira - Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal)

Comentários

Nenhum comentário até o momento