Câmara aprova admitir estagiários e homenageia Josmar Begalli

Por Assessoria de Comunicação | 28/04/2016

Luiz Junqueira, presidente do Conseg Centro, usa tribuna popular para falar de segurança
Foto:Genildo Rocha

A Câmara de Embu das Artes aprovou nesta quarta-feira, dia 27, projeto de lei que prevê alternativa de contratação para programa federal voltado à atividade esportiva a alunos da rede municipal no contra-turno escolar. Outras oito matérias foram aprovadas, entre elas a concessão do título de "Cidadão Embuense" ao ex-prefeito e ex-vereador Josmar Begalli de Figueiredo. A principal honraria da Casa foi votada na sessão e já entregue ao homenageado.

Pelo projeto de lei 20/16 aprovado, em alteração do artigo 1º da lei 2.451 de 2010, o governo municipal fica autorizado a contratar profissionais, por tempo indeterminado, por meio de processo seletivo simplificado, ou também estagiários em convênio firmado pelo município com a finalidade excepcional de atender ao programa "Segundo Tempo" para os cargos com as funções, jornada e remuneração constantes em anexo da legislação de seis anos atrás.

O Legislativo também aprovou indicação de instalação de base da Guarda Municipal no bairro do Ressaca, apresentada pelo vereador Pedro Valdir (PSD), e implantação de feira noturna no Jardim Independência, proposta pelo vereador João Leite (PT). Três projetos de lei, do Executivo, nomearam as ruas das Glicínias, das Violetas, das Rosas, das Acácias, das Margaridas, no Jardim Lavorato; viela Mangueira, no Casa Branca; e viela Senegal, no Novo Campo Limpo.

O vereador Doda Pinheiro (PT) teve aprovado título de "Cidadã Embuense" a Rosimary Mendes de Matos, ex-secretária de Educação de Embu. "É o primeiro título que apresento em quatro anos de mandato, porque acredito que a pessoa precisa merecer e muito", disse. João Leite concedeu a medalha do Mérito Legislativo Padre Belchior Pontes ao artista plástico Wanderley Ciuffi. "Ciuffi contribui para Embu ser reconhecida como cidade das artes", destacou.

A sessão teve a tribuna popular, em que o morador Luiz Junqueira falou sobre o atuação do Conseg Centro, que preside. Ele disse ter solicitado mais policiamento em motos (Rocam) e fez apelo à população para registrar boletim de ocorrência. "Não dá para trabalhar no escuro", disse. O vereador Luiz do Depósito (PMDB) ponderou que a polícia precisa ser mais equipada para atender melhor. "Ninguém faz BO porque a canseira é grande na delegacia", disse.

Ao fim dos trabalhos, os vereadores entregaram o título a Josmar Begalli, que quando presidente construiu a sede do Legislativo, entre 1993 e 1994. "Queríamos simplesmente sair de cima da padaria [prédio antigo no centro], sentíamos o calor do forno lá de baixo nas sessões", contou. "Em 1 ano e 4 meses, o sr., com nosso apoio, conseguiu construir a Câmara. Se não fosse o sr., talvez estivéssemos no aluguel até hoje", elogiou o vereador Clidão do Táxi (PRB).

(Assessoria de Comunicação da Câmara de Embu das Artes)

Comentários

Nenhum comentário até o momento