Câmara indica melhoria viária e discute Sabesp e impeachment

Por | 25/04/2016


Foto:

A sessão da Câmara de Embu das Artes na quarta-feira dia 20 teve a votação de apenas uma matéria. Os vereadores aprovaram a indicação de estudo para reorganização do sistema viário no Parque Pirajuçara. No início dos trabalhos, eles informaram que a Sabesp finalmente tapou buracos que abriu em importante via da cidade e debateram sobre a aprovação pela Câmara dos Deputados da abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

O vereador Edvânio Mendes (PT), autor da indicação aprovada, justificou que foi procurado por moradores e comerciantes do Parque Pirajuçara que apontam que no horário de pico fica cada vez mais difícil o acesso às ruas do bairro - já estreitas - devido ao grande fluxo de veículos. "A reorganização no sistema viário vai resultar em melhor fluidez no trânsito local e proporcionar menos acidentes e mais segurança para pedestres e condutores", disse Edvânio.

Jefferson do Caminhão (PSDB) informou que a Sabesp fechou os buracos abertos em manutenção da rede na estrada Constantinopla (região do Independência), após várias cobranças dos parlamentares ao ouvir reclamações de moradores. "Depois que o pessoal reclamou demais, a Sabesp resolveu tapar o buraco. Não era para ser assim, era para ser diferente. Somos o órgão fiscalizador, pedimos, mas parece que só resolve depois que piora", disse o vereador.

Vereadores contrários à votação em Brasília disseram que o impeachment foi "golpe". "É colocar em risco um país que cresceu, melhorou socialmente nos governos Lula e Dilma", disse o João Leite (PT). Júlio Campanha (PRB) projetou que, caso o vice Michel Temer (PMDB) não assuma, o país será governado por Eduardo Cunha ou Renan Calheiros, presidentes da Câmara e do Senado. "A que situação chegamos. Mas qualquer coisa é melhor que a que está", disse.

(Adilson Oliveira - Assessoria de Comunicação da Câmara de Embu das Artes)

Comentários

Nenhum comentário até o momento