Debate sobre fechamento do PS Vazame marca 1ª sessão de 2016

Por | 4/02/2016

Debate sobre fechamento do PS Vazame marca 1ª sessão de 2016.
Foto:Genildo Rocha

O Legislativo Embuense retomou  seus trabalhos nesta quarta-feira, 3.  Já na  primeira sessão de 2016 ficou nítido como em  ano eleitoral a  Câmara Municipal  conduzirá  seus trabalhos. A volta de recesso foi  pautada pela discussões sobre o fechamento do Pronto Socorro do Vazame e a transformação da unidade em Hospital Dia.

Desde a inauguração da UPA (Unidade de Pronto Atendimento), no final do ano passado, o PS Vazame passou a ser hospital leito. Os moradores da cidade tem se mobilizado para evitar o fechamento do pronto socorro, e nesta quarta-feira uma comissão de moradores  esteve na sessão para pedir o apoio dos vereadores.

O presidente da Câmara vereador Ney Santos diz que mesmo sabendo que a cidade precisa de um hospital leito é a favor da mobilização para a reabertura do PS Vazame. Ele ressaltou que perdeu seu pai naquele local, e que não aceita ser acusado por algumas pessoas que deverão disputar as eleições deste ano em ser conivente com o fechamento.

"Nós somos contra aqueles politiqueiros que usam da necessidade do povo para promoção pessoal. Se cada um for atrás dos seus deputados que vem na nossa cidade busca o voto da população, com certeza nós teremos não apenas um hospital mais vários em prol da nossa gente", disparou.

Os parlamentares saudaram seus pares e desejaram um ano produtivo. Todos pediram  que mesmo sendo um ano eleitoral haja harmonia, responsabilidade, união, respeito,  conquistas e sabedoria.

A  vereadora Rosana Almeida ressaltou que o mau uso das redes sociais por pré- candidatos que gostam de difamar e caluniar pessoas pode trazer problemas. Ela afirmou ter sido vítima de um desses difamadores no final do ano passado e relatou ter feito uma representação ao Ministério Público e o acusador foi obrigado pela Justiça a pagar  indenização equivalente a  um salário mínimo.

O líder  do governo, vereador Clidão do Táxi, leu em plenário um ofício  enviado  pelo prefeito Chico Brito ao Legislativo desejando um 2016 próspero em seus trabalhos. Ele desejou que o último ano de governo mantenha a parceria com a Câmara Municipal e honre os compromissos e projetos assumidos com o povo embuense.

Após a sessão os vereadores receberam a comissão de moradores para discutir de que forma  deverão contribuir na mobilização para evitar o fechamento do PS Vazame. Ficou definido que no próximo dia 20, ás 16 horas, haverá um grande mobilização no local onde os organizadores esperam reunir 5 mil pessoas e querem a presença dos vereadores no ato.

Comentários

Nenhum comentário até o momento