Fundadora da Três AAA usa tribuna e recebe título de Cidadão Embuense na Câmara

Por Assessoria de Comunicação | 14/08/2015

Com indicação do presidente da Cãmara, Ney Santos, vereadores entregam o Título de Cidadão Embuense a fundadora da Três AAA, Maria do Socorro
Foto:Assessoria

A fundadora da associação social Três AAA (Associação de Atendimento aos Autistas), Maria Socorro Pastor Sales Pereira, foi condecorada com o título de Cidadão Embuense na noite desta quarta-feira, dia 12, durante a sessão ordinária presidida pelo vereador Ney Santos (PSC). Socorro é idealizadora e responsável pela entidade que cuida e presta atendimento a mais de 80 pessoas com necessidades especiais no município. A Três AAA foi instituída em 1999, mas iniciou seus trabalhos em 1984, de acordo com sua fundadora.


Na tribuna, a fundadora da associação Três AAA, Maria Socorro, agradeceu a visita do presidente da Câmara de Embu das Artes, Ney Santos, pela visita que fez a associação. “Depois que você visitou a Três AAA muita coisa boa vem acontecendo para nós. Os pais estão presentes aqui para te agradecer”, disse.


Fundadora da Três AAA, Maria do Socorro usa a Tribuna Popular e pede auxílio do município para causa Autista - Foto: AssessoriaEla também evidenciou a disposição do prefeito municipal, Chico Brito, em ceder um espaço a entidade para seu crescimento em infraestrutura. “Tem gente que já nos ofereceu um terreno com casa para realizarmos o projeto lá dentro. E até hoje ninguém nunca tinha oferecido um espaço para a Três AAA”, afirmou, destacando que o local teria sido ofertado pelo prefeito.


Se direcionando aos presentes a sessão, Socorro pediu que a população municipal tenha “outro olhar” para aqueles que possuem alguma deficiência. “Já passaram na três AAA 1280 pessoas com deficiência. Autista. E a onde estão essas pessoas, eu pergunto? Hoje nossas crianças estão indo embora. Com a situação precária [...] Deficiente não morde, não tem contaminação, eles são pessoas como nós somos”, enfatizou.


A fundadora da Três AAA também alertou para o fato do município ser carente de local apropriado no tratamento de pessoas com autismo. “Nós não temos onde colocar o autista. Quando chega um tempo o autista tem que ter um trabalho, cuidado. Temos que ter um lugar para que possamos oferecer para eles, decente”, disse.


Socorro foi surpreendida pelo presidente da Câmara, Ney Santos, que a homenageou com o título de Cidadão Embuense entregando a placa cerimonial ao final do seu discurso na Tribuna. Emocionada ela agradeceu aos vereadores pelo título e a surpresa.



Por Assessoria de Comunicação.

Comentários

Nenhum comentário até o momento