Após recesso Parlamentar Câmara Municipal voltou ás atividades, aprovam projetos e moções

Por Assessoria de Comunicação | 6/08/2015

Com a Casa cheia Câmara Municipal retorna do recesso parlamentar.
Foto:Genildo/ assessoria

Na primeira sessões ordinárias do Legislativo embuense no retomou aos trabalhos, nesta quarta-feira, 05, os vereadores aprovaram diversos projetos, moções de pesar e repúdio, além de título de cidadão embuense a varias personalidades políticas, lideranças comunitárias e religiosas da região. Os vereadores elogiaram o Concerto das Artes, e o encontro suprapartidário, ocorrido no último dia 25 no hotel Rancho Silvestre, e saudaram a todos desejando bom retorno aos trabalhos. A longa sessão se estendeu até as 22 horas.

Os vereadores aprovaram os projetos de lei 09/2015, 10/2015, 11/2015, 12/2015, 31/2015, 32/2015, 33/2015, 34/2015, de autoria do Executivo, que trata de melhorias para a população como alteração dos artigos de cargos de comissão, dentre outros. Também foi aprovado o projeto de lei 24/2015, de autoria do vereador Pedro Valdir, que trata da denominação de logradouro público, sendo uma praça no Jardim Santa Barbara.

Os decretos legislativos aprovados que concede o titulo de cidadão embuense para essas pessoas, sendo 07/2015, que concede o titulo ao Pastor José Eguiny Manente, da Igreja Menonita Renovada; 08/2015, que concede o titulo ao deputado Pastor Marco Feliciano, a aprovação desse projeto causou uma agitação, isso porque o vereador Julio Campanha, foi contra por defender que o pastor não tem articulação política na cidade, para receber tal titulo.

Também aprovaram o decreto 09/2015, de titulo de cidadão embuense para a deputada Analice Fernandes, que teve votos contra da Dra. Bete e Gilvan da Saúde, com justificativa pela desfiliação dos dois juntamente do vice-prefeito Natinha, no PSDB. O PDL 10/2015, que concede a Maria do Socorro Sales, que atua há 26 anos como assistente social. 11/2015 e 12/2015, a profeta Sandra Pires e ao apostolo Alberto Pires, da igreja evangélica.

Moções de Pesar, Repúdio e Apoio

As moções de pesar nº 37/2015 (falecimento do ex. médico psiquiatra, ex. psicodramatista, ex. colunista, ex. palestrante, Içami Tiba) de autoria de Doda Pinheiro; 39/2015, autoria de Clidão do Taxi (falecimento da senhora Maria Peniche Moreira); 40/2015, de autoria do Vereador Jabá do Depósito (falecimento do senhor Elias Martin).

A Moção de Apoio 36/2015, presidida pelo vereador Doda Pinheiro, foi aprovada pelos parlamentares. A Moção apresenta ser contra a privatização da TV Cultura. A de Repúdio nº 38/2015 de autoria os vereadores Doda Pinheiro, João Leite, Edvânio Mendes e Gilson Oliveira, dispõe sobre ser contra a ação criminosa realizada no Instituto Lula.

Tribuna Popular

O munícipe Sergio de Oliveira Cabrito, do Jardim Silvana usou do tempo na tribuna popular para prestar homenagem ao mestre Azambuja “Projeto Capoeira nas Escolas”. Ao final da sessão, teve jogo de capoeira com os capoeiristas do município.

 

 

 

Comentários

SERGIIO

favor colocar meu apelido de capoeira MESTRE JOCA