Câmara atende deficientes e protesta sobre ação da PM

Por Assessoria de Comunicação | 14/05/2015

Vereadora Rosana do Arthur (PMDB), autora de projeto sobre banheiro químico para deficientes, discursa na sessão
Foto:Adilson Oliveira-CMETEA

Três projetos de lei, com destaque para o que determina colocação de banheiro químico para pessoas com deficiência em eventos, e uma moção de protesto contra morosidade no encaminhamento de documentos de veículos apreendidos foram aprovados pela Câmara Municipal na sessão nesta quarta-feira dia 13 de maio. O vereador Edvânio Mendes (PT) homenageou os assistentes sociais, ao falar de tribuna, que também foi usada por oradora da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Rosana do Arthur (PMDB) apresentou o PL (14/2015) que estabelece que o organizador que tiver que providenciar banheiro químico em evento em Embu também seja obrigado a disponibilizar o adaptado para munícipes com deficiência. “Se tiver que alugar banheiro químico, terá que ter um masculino e um feminino para pessoas com necessidades especiais”, disse. Os outros dois projetos denominaram logradouros no Jardim Pinheirinho de “viela Esperança” e “viela Clemente”.

Luiz do Depósito (PMDB), autor da moção, contestou a ação da Polícia Militar na apreensão de veículos no município e falou em “convidar” o comandante do 36º Batalhão da PM a explicar a postura. “Eles têm segurado a documentação do cidadão [condutor] para que gere diárias [cobrança por permanência do automóvel] no pátio. Eles têm o direito de multar e apreender o veículo, mas não de segurar documento, é crime. Eles sabem da lei, mas não está sendo cumprida”, afirmou.

Autor de lei do Dia Municipal do Assistente Social (15/5) e graduando na área, Edvânio fez “singela homenagem” aos formados na profissão, diante da “inversão de valores, como violência, criminalidade e preconceito” que enfrentam na lida diária. “O assistente social é um profissional que permeia todas as situações [de vulnerabilidade] e tem como principal desafio compreender a realidade do indivíduo, construindo propostas de trabalho coerentes com a necessidade de cada um”, disse.

João Leite (PT) reprovou o governo Geraldo Alckmin (PSDB) ao dizer que, em relação ao Plano Estadual de Educação, “sentou em cima, não vai fazer a discussão que o Brasil inteiro está fazendo”, e contestou afirmação do governador de que o professor da rede estadual ganha, no mínimo, R$ 2.440 por 40h. Ele informou que o de ensino fundamental ganha R$ 2.086,93 e o de ensino médio, R$ 2.415,89. “Como se qualifica a educação se não são valorizados os professores?”, criticou.

REFORMA POLÍTICA
João Leite abordou também na sessão a discussão da reforma política e convidou o público a participar de debate sobre o assunto, no domingo, dia 17, às 8h30, no Centro Cultural Valdelice Prass, no Parque Pirajuçara. “É oportunidade de as pessoas se informarem e dizerem o que querem que mude na política”, disse. O presidente Ney Santos (PSC) convidou para evento sobre a mesma pauta, “o tema do momento”, no próximo dia 29, na Câmara Municipal, promovido pelo Legislativo.

IGREJA
No uso da tribuna popular, a missionária Andréa Liberato destacou os 17 anos da Igreja Mundial do Poder de Deus, fundada pelo apóstolo Valdemiro Santiago, e pediu “atenção especial e reconhecimento à obra” por parte do prefeito e da Câmara. Os vereadores manifestaram total apoio à igreja, que tem seis templos e 4 mil fiéis em Embu. “A Igreja Mundial sempre foi uma parceira, é uma grande honra para mim. Meu gabinete está totalmente à disposição”, disse Pedro Valdir (PSD).

Doda Pinheiro (PT), por sua vez, destacou a “consagração” da Igreja Nossa Senhora de Fátima, no bairro de mesmo nome - antes igreja da Paróquia Cristo Ressuscitado e hoje pertencente à Paróquia Santa Inês. “Após longos anos de luta, trabalho, dedicação e construção, hoje [nesta quarta] o nosso bispo dom Luiz [Antônio Guedes] celebrará missa de inauguração da comunidade, juntamente com o padre Lourivaldo [Gonçalves], motivo de muito orgulho e honra para nós”, disse.

Doda também destacou a posse da nova diretoria dos Consegs Parque Pirajuçara e do Centro e desejou sucesso nas “ações voltadas para a política pública de segurança” na cidade. Rosana do Arthur ressaltou a inauguração da quadra com grama sintética, academia, parque e pista de caminhada no Jardim Tomé, no dia 9. “É uma das melhores áreas de lazer que o município hoje tem, pelo espaço onde foi implantada e por atender um público que reivindicava há muito tempo”, disse.

(Adilson Oliveira - Assessoria de Comunicação da Câmara de Embu das Artes)

Comentários

Nenhum comentário até o momento