Prefeito de Embu por dois mandatos e ex-deputado, Oscar Yazbek morre aos 77 anos em SP

Por Assessoria de Comunicação | 11/04/2014


Foto:

O ex-prefeito de Embu das Artes Oscar Yazbek morreu nesta quinta-feira, dia 10, em São Paulo, aos 77 anos, após longo período de internação. Ele será sepultado à tarde, às 14h, no Cemitério Gethsemani na região do Morumbi (zona oeste), onde desde a madrugada é velado. Yazbek deixa mulher, Maria Celena Yazbek, e cinco filhos. A Câmara votará moção de pesar. @@


Yazbek foi prefeito de Embu por duas vezes, a primeira de 1973 a 1976. Com mandato bem avaliado, ele se elegeu - pelo então MDB - deputado estadual, o primeiro da região, e foi parlamentar da Assembleia até 1982. Depois de tentativas sem sucesso nos anos 1980, conseguiu ser reconduzido ao cargo de chefe do Executivo, no antigo PSD, e comandou a cidade de 1997 a 2000.


Yazbek realizou um segundo governo alvo de denúncias de superfaturamento de obras e desvio de dinheiro público e foi cassado pela Câmara em dezembro de 1999. Dos 18 vereadores da Casa, pelo menos 15 votaram pelo afastamento nas seis denúncias que pesavam contra o prefeito. Por força de liminar, ele voltou ao cargo e concluiu o mandato.


No exercício da administração, também teve delicados problemas de saúde. No segundo ano de governo, em 1998, ele precisou entrar com pedido de licença na Câmara após sofrer um AVC hemorrágico e ficou fora do cargo por cerca de três meses. Yazbek, que não teve a causa da morte revelada, é o primeiro dos seis ex-prefeitos da cidade a falecer.


Após deixar a prefeitura, Yazbek se afastou da vida pública e se voltou aos negócios da família. O pai, Elias Yazbek, foi o proprietário da primeira empresa que se instalou em Embu, a Indústria de Papéis Yazbek. Oscar Yazbek foi o primeiro presidente da Acise (Associação Comercial, Industrial e Serviços de Embu), em 1967-68, e depois no período de 1970-72.


(Adilson Oliveira - Assessoria de Comunicação da Câmara de Embu das Artes)

Comentários

Nenhum comentário até o momento