33ª sessão foi marcada por críticas e elogios à prática jornalística, pedido de mais ronda escolar e uma central de recadastramento eleitoral no Independência

Por Assessoria de Comunicação | 25/10/2013


Foto:


A prática jornalística esteve na pauta da 33ª sessão da Câmara Municipal de Embu das Artes, na quarta-feira (23/10). Da tribuna popular, o jornalista Mario Aparecido falou das dificuldades de exercer a profissão, a busca da verdade, o jornalismo mais comunitário, que chega nos bairros, onde a grande mídia não vai, e o respeito conquistado nestes 15 anos pelo jornal Folha do Pirajuçara que recebeu Moção de Aplauso dos vereadores. ?Foi nessa casa que surgiu a semente e agora já estamos na 420ª edição. Agradeço quem ajudou a construir essa história?, disse o jornalista.

 

Com o jornalismo ainda em foco, os vereadores aprovaram moção de repúdio ao jornalista José Luiz Datena, do programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes. Foram 12 votos a favor e dois contrários, de Júlio Campanha e Gilvan da Saúde. Autor da moção, o vereador Luiz do Depósito afirmou que o jornalista denigre a imagem dos políticos. ?Eu defendo a classe. Apesar disso, não sou contra as críticas?, frisou. Apesar de votar favorável à moção, Edvânio Mendes afirmou que alguns políticos agem de má fé e o Datena acabou colocando todos no mesmo ?saco?. ?A fala dele é até um recado para que aqueles que fizeram falcatruas tomem ciência, vergonha na cara, para fazer o que devem fazer de maneira correta?, alertou.

 

Júlio Campanha justificou seu voto contrário, enfatizando que o jornalista direcionou a população a votar de maneira certa. Clidão do Táxi contou ter sido ?alvo das notícias do jornal?, por três dias, mesmo negando toda a acusação de que assinava carta de renda aos taxistas para que eles comprassem carros com desconto. ?Paguei caro por isso, fiquei assinando por dois anos o processo no Fórum?, desabafou.

 

Doda lamentou a atitude de Datena que deturpa a imagem da classe política, apesar de ?saberem que existem políticos bons e ruins, assim como bons e maus jornalistas?. Citando a Bíblia, Doda disse que é preciso aprender a separar o joio do trigo: ?Não aceito ser comparado como um boneco?.


Recadastramento biométrico


A sessão foi marcada também pela preocupação dos vereadores em relação ao recadastramento biométrico, em curso no Parque do Lago Francisco Rizzo, pelo Tribunal Regional Eleitoral. Os parlamentares avaliam que é necessária a criação de mais uma central de recadastramento e votaram por unanimidade pela instalação de uma Central de Atendimento de Recadastramento biométrico no Ginásio do Jardim Independência.

 

A justificativa é que até agora apenas 14% dos eleitores compareceram para recadastrar seus títulos. O prazo termina em fevereiro de 2014. ?Vamos ver se dá para o TRE colocar outra central na periferia, uma vez que é lá que temos grande quantidade de votos. Pode ser até de sábado, domingo e feriados?, sugeriu Luiz do Depósito, autor do projeto também assinado por todos os vereadores. Ele marcou uma reunião com a juíza eleitoral Fernanda Cristina da Silva Ferraz Lima Cabral, na sexta-feira (25/10), às 14h, no Fórum de Embu das Artes, para debater o assunto.


Filiações


Durante a sessão, os vereadores Gilvan da Saúde e Dra. Bete anunciaram que agora são filiados ao partido recém-criado Partido Republicano da Ordem Social (PROS). O vereador Gilvan da Saúde fez um discurso caloroso sobre sua opção. ?Quero agradecer ao PT que me acolheu neste grande projeto de cidade quando eu ainda era do PPS e quero dizer que estamos firmes, junto e misturado?. Em nome do legislativo, Doda deu boas-vindas aos dois vereadores e desejou sucesso a Gilvan e Dra. Bete, que é a líder do partido na Câmara. ?Se o PROS nasceu robusto na nossa região, é porque tem um objetivo e merece meu respeito?, afirmou Doda.


O presidente da Casa, Doda, informou que os vereadores Carlinhos do Embu e Jomar passam a compor a Comissão de Saúde da Câmara.


Ronda nas escolas


Os vereadores votaram a favor também de duas indicações do vereador Jefferson do Caminhão do Lixo, que dispõe sobre as instalações de Base Comunitária da Polícia Militar em frente às escolas estaduais Elizete de Oliveira Bertini (Estr. Itapecerica à Campo Limpo, Jd. Dom José) e Alexandrina Bassith, Rua Avaré (Jd. Ângela). De acordo com o vereador, as rondas precisam acontecer principalmente à noite. Edvânio ressaltou que a violência tem atingido todas as escolas, por isso ?todos os vereadores devem se unir para garantir que a polícia faça segurança nas escolas?, explicou. 

 

O presidente Doda pediu ao jurídico da casa que encaminhe ofício para os dois batalhões da Polícia Militar no município, a fim de reforçar a ronda nas escolas no período noturno. Ele contou que sua sobrinha foi assaltada duas vezes neste mês. ?No início do mês levaram o tênis e na segunda vez roubaram mais coisas. Temos de cobrar para que as rondas escolares sejam mais efetivas?, observou.

 

Outras indicações


Também foram aprovadas as indicações do vereador Jabá do Depósito para pavimentação, guia, sarjeta, recaptação de água e esgoto na Rua Siglatex, Jardim Pinheiros; e o projeto de recapeamento em toda extensão da Rua São Bernardo, Jardim São Marcos. Doda teve aprovada a indicação de instalação de lombada de fiscalização eletrônica em frente à UBS São Marcos, Av. Augusto de Almeida Batista ? Jd. São Marcos, e Jomar a construção de uma ponte com estrutura para comportar o tráfego de caminhões, ônibus e outros veículos pesados, na Vila Alta dos Anjos, próxima à Av. Keishi Matsumoto, altura do nº 1.415 ? Jardim Tomé.


Visita do ministro


A visita do ministro de Esportes, Aldo Rabelo, também foi tema da fala dos vereadores. Na ocasião, a cidade recebeu o Centro de Iniciação ao Esporte que será construído no Parque da Várzea do Rio M? Boi Mirim.


(Rita de Biaggio - Assessoria de Comunicação da Câmara de Embu das Artes)

Comentários

Nenhum comentário até o momento