Frente de Trabalho de Embu tem reajuste para R$ 300,00

Por | 9/09/2010


Foto:


quarta-feira, 31 de março de 2010

 



A Câmara de Embu aprovou em sua sessão realizada no dia 31 de março o Projeto de Lei número 13/2010, de autoria do Prefeito Chico de Brito, que “Altera o inciso I do Artigo 2º da Lei Municipal nº 2.143/2005 e dá outras providências”. O projeto altera a Bolsa Pecuniária dos beneficiados da Frente de Trabalho, fixando o novo valor em R$ 300,00 (trezentos reais).



Em sua justificativa, o prefeito considera as prioridades da Administração em relação à assistência aos trabalhadores, prevista no Programa da Frente de Trabalho; considera ainda que o Programa Frente de Trabalho tem caráter assistencial, visando proporcionar ocupação, qualificação e renda para os trabalhadores, que façam parte da população desempregada residente no Município de Embu.
Pedido da Câmara



Para apresentar o projeto, o prefeito levou em conta a Indicação nº 39/2010 de autoria da Mesa e demais vereadores da Câmara Municipal (apresentada por todos os 13 vereadores e aprovada na 6ª Sessão Ordinária, realizada no dia 10 de março de 2010), na qual solicitava a alteração da Bolsa Auxílio Pecuniário.



O valor estava fixado desde 2005 em R$ 250,00. Com a nova lei, o reajuste chegou a 20%, sem que os trabalhadores da Frente de Trabalho percam o auxilio alimentação, representado pela entrega de uma cesta básica de alimentos, mensalmente, além de um auxílio locomoção (vale-transporte) equivalente a R$ 50,00, benefícios que já vinham sendo concedidos desde a administração anterior

Comentários

Nenhum comentário até o momento