Câmara de Embu aprova Moção de Apoio à capacitação de profissionais da Educação

Por Assessoria de Comunicação | 1/10/2010


Foto:

a Moção de Apoio nº. 18/210 à reivindicação da AFUSE – Sindicato dos Funcionários e Servidores da Educação de São Paulo, no sentido de exigir do Governo do Estado a implantação imediata do PROFUNCIONÁRIO, programa de profissionalização dos funcionários administrativos da Educação, através de Convênio com o MEC (Ministério da Educação).

 

 

A AFUSE é uma entidade que há muitos anos vem defendendo os direitos e a formação profissional de seus associados, através do MEC, que desde 2006 oferece o PROFUNCIONÁRIO, Curso Técnico à distância, em nível médio, voltado para os profissionais que exercem funções administrativas nas escolas das redes públicas estaduais e municipais de educação básica. Apesar disso, o Estado de São Paulo ignorou o convênio até o presente momento, motivo pelo qual a AFUSE solicitou a Moção de Apoio dos vereadores, aprovada por unanimidade.

 



Segundo a Moção, é necessário levar em consideração que a Educação deve ser tratada como uma necessidade do cidadão, e todos devem ter acesso a este direito Constitucional e Universal.  Os vereadores ressaltam a importância desses profissionais, e relatam que eles são responsáveis por um setor que é considerado um dos pilares na construção de uma sociedade justa e sem distorções sociais.



O presidente da Câmara, durante as discussões, defendeu a formação dos profissionais da Educação. Silvino Bomfim defendeu a qualificação e um plano de carreira para os servidores da Educação, e criticou o governo do Estado por não aderir ao Convênio com o governo Federal, através do MEC. “A finalidade desta Moção é para que o governador Alberto Goldman se sensibilize, para que seja melhorada a qualificação e a condição salarial dos servidores da Educação, que hoje recebem só R$ 700,00 por uma jornada de 8 horas de trabalho por dia”, salientou.

 

(Ana Paula Timóteo – Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Embu)

Comentários

Nenhum comentário até o momento