Ministro da Educação visita Embu e assina compromisso para Universidade Federal

Por Assessoria de Comunicação | 29/10/2010


Foto:

 

Trata-se de um terreno de 10 mil metros quadrados, parte da área de 1,6 milhão de metros quadrados na qual está sendo implantado o Parque da Várzea do Rio Embu-Mirim, fruto da compensação ambiental devida ao município pela obra do Rodoanel. De acordo com Haddad, a união de 30 municípios da região e o consenso do Conselho de Reitores da Unifesp foram os dois fatores decisivos para consolidar a implantação da universidade federal na região de Embu, município localizado estrategicamente entre a zona sul paulistana e a parte sudoeste do Estado.

 


Um público superior a 500 pessoas, dezenas de autoridades e lideranças regionais acompanharam a solenidade, realizada na área do futuro parque, no Embu. Estavam presentes a prefeita de Juquitiba Cida Maschio, os prefeitos Evilásio Farias (Taboão da Serra), Jorge Costa (Itapecerica da Serra), Clodoaldo da Silva (Embu-Guaçu), Capitão Lener Ribeiro (São Lourenço da Serra), o Prefeito de Embu, Chico Brito e o vice-prefeito Nataniel da Silva Carvalho (Natinha). Participaram ainda os deputados federais Jilmar Tatto e José Mentor, o deputado estadual eleito Geraldo Cruz e o reeleito Ênio Tatto, além de secretários municipais, vereadores, empresários, lideranças comunitárias e moradores.


Da Câmara de Embu, prestigiaram o evento o presidente do Legislativo, Silvino Bomfim (PT), o vice-presidente Gilvan da Saúde (PPS), o 1º Secretário, Luiz do Depósito (PMDB), a 2ª Secretária, Dra. Bete (PDT), e os vereadores Júlio Campanha (PTB), Ná, Didi e João Leite (todos do PT).


Dizendo ser um "apaixonado pelo anel universitário", do qual Embu e região farão parte junto com os campi já abertos em Santos, Guarulhos e Santo André, além de Osasco e Mauá (recentemente divulgado), o ministro Haddad concedeu uma longa entrevista aos meios de comunicação presentes, após o encerramento do evento, entre os quais: jornais O Estado de S. Paulo, Atos, Folha de Embu, Hora Exata, Um Novo Jornal e Portal Fato Expresso.


Além da extensão do campus da Unifesp, a grande área verde receberá o Parque da Várzea do Embu Mirim, numa extensão superior ao do Parque do Ibirapuera, com verbas já reservadas de R$ 32 milhões, dos quais R$ 8 milhões já foram liberados. A prefeitura de Embu garantirá a construção do primeiro prédio da Unifesp, com capacidade inicial para 1.200 alunos.


Após a solenidade o ministro Fernando Haddad, os prefeitos, vereadores e autoridades presentes foram convidados a uma visita á Escola Municipal Valdelice Prass, onde a extensão da Unifesp já está em funcionamento, atendendo 1.000 alunos, entre Terceira Idade, jovens, profissionais de Educação e Saúde Municipais, em cursos de qualificação.

 

 

(Márcio Amêndola, da Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Embu, com informações complementares de Júlio Marcondes, da Prefeitura Municipal de Embu).

Comentários

Nenhum comentário até o momento