Nova Lei altera Conselho Municipal de Turismo de Embu

Por Assessoria de Comunicação | 10/12/2010


Foto:


Segundo a Lei Orgânica Municipal, deve-se priorizar a alocação de serviços de infraestrutura em busca do desenvolvimento do Turismo, como uma importante atividade econômica geradora de riquezas, alem de empregar milhares de embuenses.

Consta no projeto, a necessidade de apoio e incentivo aos diversos segmentos relacionados ao turismo local, e que a meta é estabelecer no Plano Diretor da Cidade a consolidação de Embu como pólo de atrativo turístico e ambiental.

Democratizando mais o acesso dos protagonistas da famosa Feira de Artes e Artesanato de Embu às instâncias de discussão e decisão sobre a gestão do turismo local, o governo municipal incluiu no Conselho Municipal de Turismo, por meio da Lei aprovada pelos Vereadores, um representante designado pelo Conselho Gestor da Feira. A mudança foi aprovada por unanimidade de votos dos vereadores, e segue para a promulgação, pelo prefeito municipal.


(Ana Paula Timóteo – Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Embu)

 

Comentários

Nenhum comentário até o momento