Vereadores criam Dia do Psicólogo em Embu e reprovam hostilidade a médicos estrangeiros

Por | 4/09/2013


Foto:


Três indicações também foram aprovadas por unanimidade. O vereador Luiz do Depósito (PMDB) indicou a implantação de uma base comunitária da Guarda Municipal na praça da rua Maringá, Jardim Santo Eduardo, após reformas feitas no local. Autor das outras duas indicações, o vereador Jeffer-son do Caminhão do Lixo (PR) solicitou do Executivo recapeamento asfáltico nas ruas Boa Viagem, no Jardim São Vicente, e João Galina, na Vila Olinda.

                                                                Fotos: Adilson Oliveira/CMETEA
Mesa-diretora conduz sessão que aprovou 2 projetos e 3 indicações

Doda, autor da Semana da Família e Dia do Psicólogo no município

Os vereadores Doda e João Leite (PT) salientaram a importância da vinda dos médicos estrangeiros ao país, pelo programa "Mais Médicos", para melhorar a saúde básica em cidades do interior e periferias metropolitanas com dificul-dades para contratar os profissionais e criticaram as manifestações contrárias durante chegada dos profissionais do exterior. "Eles precisam ser respeitados. Esse não é o sentimento do povo brasileiro, sem dúvida", disse Doda.

João Leite pediu desculpas por médicos brasileiros terem vaiado profissionais cubanos na saída de curso em Fortaleza. "Foi deselegante. Essas manifestações deixam a gente envergonhado", declarou o vereador. Ele parabenizou a presidente Dilma Rousseff "pela coragem" de trazer médicos estrangeiros para atender a demanda da população de baixa renda, e o ministro Alexandre Padilha pelo trabalho à frente do Ministério da Saúde.

                                                                Fotos: Adilson Oliveira/CMETEA
João Leite diz que hostilidade a estrangeiros 'envergonha' população

Rosana relata articulação na Fiesp para Embu ter escola do Senai

Rosana do Arthur (PMDB) trouxe à pauta a possível vinda de uma escola do Senai para Embu e contou que esteve com o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, durante congresso do PMDB, em que reivindicou a construção da unidade. "É de grande valia para o município", afirmou. Luiz do Depósito (PMDB) citou a reunião com Skaf. "Ele disse que a questão é o terreno onde será construído, tem interesse na região. Temos que sentar e viabilizar o terreno", frisou.

Edvânio Mendes (PT) abordou a segurança e lembrou que há quinze dias o pastor Hamilton levou dois tiros, em uma tentativa de assalto em frente à Igreja Quadrangular. Ele mencionou os últimos números da violência no Estado e que o município registrou de janeiro a julho 25 casos de homicídio. O vereador defendeu que o governo do Estado implante política pública para os jovens, assim como fez Embu, "onde a violência diminuiu muito", disse.

"O PSDB está há 20 anos no poder e cadê as políticas públicas para a juventude? O Estado precisa estancar de vez a ferida da violência pública no país", acentuou o vereador Edvânio. Luiz do Depósito avaliou que o município e os governos estadual e federal estão com as mãos atadas devido às leis contidas no Estatudo da Criança e Adolescente (ECA) - legislação de 1990 -, em que "os menores não podem ser presos, nem trabalhar", questionou.

                                                                Fotos: Adilson Oliveira/CMETEA
Edvânio discute segurança e cobra políticas do governo do Estado

Pedro Valdir (PSD), escolhido membro da Comissão Mista da Câmara

"Por isso, temos que tentar fazer nossa parte, como trazer o Senai. Depende de nós [doar terreno] e deixar à disposição da população", frisou Luiz. Jabá do Depósito (PTC) disse que os vereadores "precisam se unir para acelerar a vinda do Senai para a cidade". O prefeito Chico Brito (PT) já disse em evento de aniversário da Acise (associação empresarial), em maio, que a escola do Senai poderá ser construída na área do parque da Várzea do rio Embu-Mirim.

Em relação ao governo municipal, vereadores fizeram uso da palavra no início da sessão para elogiar o prefeito pela inauguração da rodoviária de Embu das Artes, no dia 24 de agosto. Após suspensão momentânea dos trabalhos e reunião dos vereadores, Pedro Valdir (PSD) foi eleito membro da Comissão Mista Permanente - a mais importante da Casa, que analisa a constituciona-lidade dos projetos de lei -, na vaga deixada após a cassação de Ney Santos.

(Rita de Biaggio e Adilson Oliveira - Assessoria de Comunicação da Câmara de Embu das Artes)

Comentários

Nenhum comentário até o momento